Header Ads

Focos de incêndio crescem 54,6% no DF, mas área queimada cai 58%

  Dados do Corpo de Bombeiros Militar indicam que o número de focos de incêndio florestal noDistrito Federal aumentou 54,6% em agosto deste ano na comparação com o mesmo mês de 2011. Apesar disso, a área queimada no período teve queda de 58,3%.
  Os bombeiros atenderam, em agosto deste ano, 1.559 ocorrências, que resultaram em uma área queimada de 2.215,71 hectares. Em 2011 foram 1.008 focos e 5.314,72 hectares destruídos pelas chamas.
  De abril a agosto deste ano, houve 2.934 focos de incêndio, o que representa acréscimo de 33% em relação aos mesmos meses de 2011. A área queimada nos cinco meses registrou queda de 54,8%.
Bombeiros tentam controlar chamas em área de cerrado próxima da Granja do Torto, residêncial oficial da Presidência (Foto: Antonio Cruz/ABr)Bombeiros tentam controlar chamas em área de cerrado próxima da Granja do Torto, residêncial oficial da Presidência (Foto: Antonio Cruz/ABr)
  Para o coronel Mauro Sérgio de Oliveira, da comunicação do Corpo de Bombeiros, a destruição foi menor porque a corporação está mais preparada para o combate.
“Estamos com 50% mais de efetivo, dois aviões e 18 viaturas que percorrem terrenos acidentados. O combate é mais rápido e mais eficiente”, disse.
O coronel explicou que o uso dos aviões se tornou mais constante nas duas últimas semanas. “Até então, estavam ocorrendo incêndios pequenos, que não justificavam o uso dos aviões por causa do custo dos voos e do transtorno causado no espaço aéreo.”
Incêndio em área de vegetação do Park Way, próximo ao Catetinho (Foto: TV Globo/ Reprodução)Incêndio em área de vegetação do Park Way,
próximo ao Catetinho (Foto: TV Globo/ Reprodução)
Embora os números dos incêndios sejam mais expressivos no mês de agosto, o coronel Mauro Sérgio de Oliveira disse acreditar que o mês mais crítico da seca será setembro.

Incêndio no Park Way
Um incêndio atingiu uma área de vegetação no Park Way próximo ao Catetinho. As chamas só foram controladas na noite desta segunda-feira (03). Noventa militares, com auxílio de um helicóptero trabalharam durante seis horas para acabar com o fogo. O tempo seco e a baixa umidade dificultaram a ação dos bombeiros.
Fonte: http://g1.globo.com/distrito-federal/noticia/2012/09/focos-de-incendio-crescem-546-no-df-mas-area-queimada-cai-58.html

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.