Header Ads

COMO EXECUTAR UM CORTE DE ÁRVORE EM SEGURANÇA

  Bombeiro faz de tudo. Ainda está pra ser criada uma profissão tão eclética como a nossa. Quem se perde nas linhas da nossa Constituição Federal, em seu art. 144, nota que são atribuídas aos Corpos de Bombeiros militares as “missões de Defesa Civil além das demais definidas em Lei.” O detalhe é que essa “Lei” (Lei Estadual de Organização Básica dos Corpos de Bombeiros) fica cada vez mais “gorda”, sobrecarregando de atribuições aqueles que já pelejam pra darem conta de sua missão original: o combate a incêndios. Hoje em dia, já não causa tanta surpresa ver um bombeiro auxiliando numa coleta de leite materno ou cortando uma árvore por aí. Quanto ao corte de árvores, o fato é que esta vem se tornando, aos poucos, uma das missões mais executadas pelas unidades de bombeiro Brasil afora, dando-se, na maioria das vezes, na base do conhecimento empírico, na ausência de alguns cuidados básicos de segurança. 
Corte de árvore bombeiros
  Apesar de contar com o preconceito de ser uma atividade aparentemente simples e sem emoção (alguns dizem até ser fora de nosso âmbito de competência), à medida que aumentam as estatísticas nessa área, cresce também o número de acidentes em Operações de Corte de Árvore. Muitas das vezes, por sinal, os acidentes ocorrem pela postura negligente dos agentes ou por simples desconhecimento dos procedimentos de segurança.
Tente responder às seguintes perguntas e avalie se você está devidamente preparado para atuar nesse tipo de ocorrência:
  • Você sabia que existe uma NR (norma regulamentadora) que regula o emprego correto de motosserras?
  • Você conhece (e sabe utilizar) todos os dispositivos de segurança de uma motosserra?
  • Você sabe quais as fases de uma operação de corte de árvores e o que fazer em cada uma delas?
  • Você conhece e utiliza todos os EPI’s necessários para esta prática?
Se você respondeu não a uma dessas perguntas, sugiro correr atrás e se informar pra não cair numa roubada. Antes de iniciar a atividade, deve-se analisar a cena para saber se há ou não a necessidade de operar o corte de uma árvore, levantar os riscos do local, selecionar os materiais e equipamentos em condições de empregabilidade, selecionar os operadores do corte, planejar a estratégia a ser aplicada e gerenciar os riscos anteriormente levantados. Ao iniciar o corte, verificar as condições de segurança, manter comunicação entre observador e executor constantemente, analisar se há a necessidade de um corte total e após o corte, verificar as condições do pessoal e dos materiais empregados, e realizar feedback com todos participantes envolvidos na ocorrência.

Um comentário:

  1. Bombeiros devem salvar vidas, cortar arvore mesmo em risco deve ser serviço especializado de um cortador de arvores.

    ResponderExcluir

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.