Header Ads

MAIS 6,5 MIL POLICIAIS NAS RUAS




Em entrevista ao Portal Brasília na Copa, vinculado ao Governo do Distrito Federal, o secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar, afirmou que até o final do próximo ano, a Unidade da Federação terá seu contingente de policiais civis e militares ampliado em mais de 6,5 mil homens. Além do reforço em recursos humanos, o gestor prometeu que, até o fim deste ano, vai inaugurar o Centro de Monitoramento e Controle com 1,6 mil câmeras para combater e prevenir crimes no DF.


A secretaria promete contratar mais 3,5 mil policiais militares para que o efetivo chegue a 18 mil homens. Já a polícia civil deve ter um incremento de 3 mil agentes, e passará a contar com um efetivo de 8,5 mil. Os novos profissionais terão treinamento parecido com o que os atuais membros da corporação tiveram, com o apoio da Polícia Federal e as Forças Armadas. “A população de Brasília e os turistas que virão à capital da República podem ficar descansados para ver com tranquilidade um dos maiores espetáculos do futebol”, garantiu.
No Centro de Monitoramento e Controle da cidade, que vai funcionar na sede da pasta, o secretário disse que foram investidos R$ 26 milhões do GDF. “O local vai integrar a comunicação de todas as forças de segurança pública (PM, PC, Detran e Bombeiros) 24 horas por dia, com a presença de 60 policiais especializados”, conta Avelar, que completa dizendo que as demais regiões administrativas também contarão com centros de monitoramento dentro dos Batalhões de Polícia.
'Essas câmeras são ferramentas importantes para o combate ao crime e, principalmente para a segurança visando também a Copa do Mundo de 2014. No entanto, esse será o início de um legado que vai mudar definitivamente a capital do País no que diz respeito à Segurança Pública', conclui Avelar.
Baixo efetivo
Atualmente, a Polícia Militar do Distrito Federal tem dificuldades em fazer as rondas policiais em algumas cidades do DF devido ao baixo efetivo. Segundo informações de alguns policiais militares da cidade, o GDF tem feito uso de serviços voluntários remunerados para reforçar a segurança da população local. O serviço voluntário é regulado pelo Decreto nº 24.619, de 26 de maio de 2004. A assessoria da PM informou em nota que os policias que se candidatam a trabalhar em suas horas de folga são enviados a áreas de riscos tendo em vista os índices estatísticos criminais ou algum evento.

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.