Header Ads

SEM REAJUSTE, DF PROPÕE AUMENTO A BENEFÍCIOS PARA BOMBEIROS E PM´s

 Pressionado há meses por Policiais Militares e Bombeiros, o governo do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, apresentou uma proposta de reajuste dos benefícios pagos à categoria. No entanto, a reestruturação da carreira e o reajuste salarial principais reivindicações, foram deixadas de lado.
O governo propôs um reajuste na tabela do auxílio-moradia ao lingo de três anos, começando em setembro. Dependendo da remuneração do Policial ou Bombeiro, poderá receber de R$ 365,00 a R$ 1.200,00 por anos. O teto do benefício, que não era ajustado desde 2002, poderá chegar a R$ 3,600,00 até 2016.

O governo propôs ainda R$ 200,00 de aumento para o auxílio- alimentação a partir de julho, passando de R$ 650,00 para R$ 850,00. De acordo com o GDF, os reajustes representam 22% de acréscimo nos vencimentos dos policiais até 2016.
A proposta não inclui aumento de salário porque ele é pago com recursos do governo federal, e qualquer reajuste deste tipo que ser aprovado pelo Congresso Nacional. No entanto, desde o ano passado, o governo federal tem vetado qualquer reajuste para categorias de servidores por representarem grande impacto nas contas públicas.
A proposta foi finalizada nesta sexta em reunião entre Agnelo e os Comandantes da PMDF e do CBMDF. Na noite de ontem, as medidas foram apresentadas aos representantes das associações dos policiais.
As medidas serão votadas na segunda-feira em uma assembleia extraordinária, realizada na praça do rélogio em na região administrativa de Taguatinga-DF as 19:00.


Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.