Header Ads

BOMBEIROS ATENDEM COLISÃO DE FERRARI


Um motorista que se recusou a fazer o teste do bafômetro foi liberado após pagar fiança de R$ 8 mil. Ele dirigia uma Ferrari 550 Maranello (2007), avaliada em mais de R$ 300 mil. O veículo acabou destruído após um acidente com outros dois carros neste sábado (24/5), na BR-020, km 22, sentido Planaltina/Sobradinho, segundo a Polícia Civil. O motorista dirigia o veículo com sinais de embriaguez quando colidiu com um VW/Gol e um Fiat/Siena.

No VW/Gol estavam o condutor, de 27 anos, a esposa, 26, e o filho de 2 anos. No Siena, estava apenas o motorista, de 32 anos. Os ocupantes do Gol e da Ferrari foram levados ao Hospital Regional de Planaltina com ferimentos leves. Os carros ficaram destruídos. De acordo com a Divisão de Comunicação (Divicom) da Polícia Civil , o condutor da Ferrari tem 61 anos e essa foi sua primeira passagem pela polícia.
Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o proprietário da Ferrari vinha de uma exposição de carros importados no Plano Piloto - ele seria dono de vários outros veículos de luxo. Depois do acidente, testemunhas tentaram linchar o motorista e foram contidas por policiais. Segundo testemunhas, o motorista não participava de racha, informação não confirmada pela PRF.

FONTE:  Correio Braziliense

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.