Header Ads

MATERIAL RADIOATIVO E ENCONTADO EM TERRENO COMERCIAL DE TAGUATINGA

Técnicos da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) localizaram nesta quinta-feira (3) duas peças de avião contendo material radioativo num terreno comercial de Taguatinga, no Distrito Federal. A área foi interditada e as peças deverão ser levadas para Abadia (GO) onde funciona um depósito da CNEN para armazenamento de materiais radioativos.

O técnico do órgão federal que esteve no terreno Adriano Lobo de Souza diz que as duas peças do avião continham Amerício-241 que é radioativo e pode causar graves danos à saúde. Os donos do terreno disseram ao técnico da CNEN que adquiririam as peças num leilão junto com outros equipamentos retirados de sucatas de aviões.
Os empresários pretendem construir no local um restaurante e querem montar o estabelecimento dentro de uma cabine de avião. Souza afirma que os dois equipamentos com material radioativo são normalmente utilizados nas asas dos aviões e servem para indicar a densidade do combustível que está sendo colocado na aeronave.
"Um piloto de avião esteve nesse terreno recentemente e visitou o local onde estavam as peças. Ele imediatamente denunciou o caso no site da CNEN. Assim que essa denúncia chegou até a nossa unidade, fomos até o local", disse Souza.
O técnico afirma que o risco de contaminação varia de acordo com a quantidade do material e também da proximidade com o elemento químico. "Se ingerido ou mesmo inalado, [o Amerício-241] é perigosíssimo. Se por acaso ninguém fala nada, se constroem as mesas do restaurante sobre essas peças os clientes poderiam câncer", afirma o técnico da CNEN.
Segundo Souza, a Secretaria de Segurança Pública do DF e a Presidência da República foram comunicados do incidente. O técnico disse que é proibida a utilização de material radioativo sem autorização da CNEN. Ele conclui dizendo que a Polícia Civil vai investigar a conduta dos empresários e tentar saber que companhia aérea forneceu as peças.

Fonte: G1


Um comentário:

  1. 1-Entendo que "Se por acaso ninguém fala nada, se constroem as mesas do restaurante sobre essas peças os clientes poderiam câncer" , neste caso os passageiros sentados sobre a asa do avião contrariam câncer, é isso ?
    2-"tentar saber que companhia aérea forneceu as peças." ... a aeronave foi adquirida em leilão judicial junto a 19 Vara da Comarca de São Paulo, e estava a poucos dias sendo ainda desmontada, essa peça seria retirada, como as outras que estão nas diversas aeronaves espalhadas pelo pais, ainda sendo leiloada.

    ResponderExcluir

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.