Header Ads

BOMBEIROS E PMs QUE RECORERAM A JUSTIÇA SERÃO REAVALIADOS



Os 640 soldados e oficiais do Corpo de Bombeiros e do da Policia Militar do Distrito Federal aprovados em concurso público e que tiveram que recorrer à Justiça para concluir o curso de formação terão uma nova chance de serem efetivados nas corporações.


 Decreto assinado nesta sexta-feira (26) pelo governador Agnelo Queiroz, no Palácio do Buriti, autoriza a reavaliação dos casos de militares que tenham sido reprovados em um ou mais testes de aptidão física e toxicológicos, exames médico, psicológico ou prático-instrumental.
     Além do governador Agnelo Queiroz e da primeira-dama, Ilza Queiroz, estavam presentes à solenidade o secretário de Administração Pública, Wilmar Lacerda; o chefe da Casa Militar, coronel Leão; os comandantes-gerais da PM, Anderson Moura, e do Corpo de Bombeiros, Hamilton Santos Júnior; e representantes das duas forças.
     “Esse ato vem para respaldar os soldados que tiveram pendências jurídicas que os impediam de serem efetivados. O objetivo é dar segurança às questões judiciais desses funcionários e tranquilizá-los para que possam realizar seu trabalho com o mais alto padrão de excelência”, enfatizou o governador do Distrito Federal.
     Na opinião do coronel Leão, essa medida vem para corrigir uma distorção que já incomodava os militares há algum tempo. “Durante anos, alguns aprovados precisaram recorrer a liminares judiciais para exercerem sua função. A partir de agora, essas incoerências nos editais serão corrigidas, evitando problemas futuros”, destacou o chefe da Casa Militar do DF.
     A comissão representada pelo Soldados do CBMDF e PMDF Ricardo Lima, Edivânia, Thiago Queiroz e Kamilla, comemoraram a assinatura do decreto e deixou transparecer que é uma conquista não apenas das forças militares de segurança, mas de toda a população do DF, que passará a contar, de fato, com esses soldados que serão reavaliados.

  Fonte: Secretaria de Comunicação Governo do DF

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.