Header Ads

BOMBEIROS SIMULAM FOGO EM CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO DE PETRÓLEO

O Corpo de Bombeiros realizou na manhã desta terça-feira (11) uma simulação de incêndio de grandes proporções no centro de distribuição da Petrobras emBrasília, como o ocorrido em Santos (SP) em abril. O treinamento reuniu 132 servidores da Segurança Pública e da Saúde.
Ao longo das duas horas de trabalho, o trânsito ficou fechado e a Petrobras suspendeu as atividades no Setor de Inflamáveis, próximo ao SIA. Segundo o porta-voz do Corpo de Bombeiros, o tenente-coronel Alan Araújo, é a primeira vez que é realizada uma simulação desse porte em Brasília.

Uma equipe nossa acompanhou os socorros noincêndio em Santos  [que atingiu tanques de combustível durante nove dias em abril deste ano] e vamos replicar aqui”, disse. “Há uma preocupação tanto da Petrobras quanto do governo local em atender em casos desse tipo.”
Entre os profissionais havia também servidores do Samu, da Defesa Civil, do Detran e da Polícia Militar. Além do comando da operação no local do acidente ensaiado, as 18 forças que participaram da ação puderam acompanhar todo o socorro pelo Centro de Comando Integrado – uma instalação criada nos projetos para a Copa do Mundo.
O evento simulou o combate a chamas após suposta explosão de dois dos 17 tanques de combustível. Voluntários fizeram o papel de 14 vítimas socorridas pelo helicóptero ou pelas 40 viaturas mobilizadas.
As "vítimas" foram levadas aos hospitais de Base e Regional da Asa Norte. De acordo com o Corpo de Bombeiros, todos os recursos utilizado na ação são da reserva, o que não prejudicou o atendimento nesta terça. A partir da simulação, as equipes vão avaliar erros e acertos no combate ao incêndio, como o tempo de resgate a vítimas ou a integração de equipes.
Após o evento de hoje, vamos fazer um debriefing para criar um protocolo de procedimentos para o nosso trabalho”, disse o chefe das operações, tenente-coronel do Corpo de Bombeiros Deusdete Vieira.
É um evento levado a sério porque é a oportunidade que temos de fazer um treinamento para as nossas equipes”, complementou o assessor do Samu, Franklin Antunes.
A enfermeira Raquel Pereira se voluntariou para ser uma das vítimas durante a simulação. Para que os ferimentos fossem o mais realistas possível, ela ficou uma hora imóvel sendo maquiada. Acostumada a ficar do outro lado da maca, ela contou ao G1 que passou a perceber as coisas com outros olhos.
Eu mudaria meu jeito de atender. Como vítima, é desesperador. O tempo que você demora para ser atendido parece uma eternidade. É desesperador porque você não consegue nem levantar”, relatou.

Diplomacia
    A ação desta terça-feira foi acompanhada de perto por uma delegação do Corpo de Bombeiros do Senegal, que desembarcou no Brasil no domingo (9) e deve ficar aqui até esta sexta-feira (14). Eles têm interesse em reforçar a troca de experiência entre os dois países.
Segundo o representante da assessoria de Relações Internacionais dos Bombeiros, major Fábio Moreira, o país africano quer estruturar a corporação deles. “Vieram conhecer nossa estrutura para que a gente possa fornecer cooperação técnica para montar um Corpo de Bombeiros eficaz por lá.”

Fonte: Correio Braziliense


Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.