Header Ads

TCDF VAI A TAGUATINGA E ÁGUAS CLARAS PARA EXAMINAR QUALIDADE DE ASFALTO

O corpo técnico do Tribunal de Contas do Distrito Federal foi a campo nesta quinta-feira, dia 17 de setembro 2015, para avaliar o asfalto novo que está sendo aplicado em Águas Claras e em Taguatinga.
Durante a fiscalização, um trecho de uma faixa da Avenida Araucárias foi encontrado destruído após uma obra da Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb), a qual gerou também o aparecimento de fissuras em outras faixas. O presidente do TCDF, Conselheiro Renato Rainha, também esteve nas cidades para fiscalizar a obra rodoviária em execução. Ele acionou o presidente da Caesb, Maurício Ludovice, que imediatamente se colocou à disposição para reparar o dano causado.

Com uma sonda rotativa Novacap, foram extraídas pequenas amostras da capa asfáltica nas Avenidas Samdu, em Taguatinga, e Araucárias, em Águas Claras, para verificar se o material aplicado está de acordo com as normas técnicas e com o projeto previsto na Etapa 2 do Programa Asfalto Novo. Além da remoção de amostras, também serão feitas medições e analisados o projeto básico de engenharia e os valores pagos na obra. Nos próximos dias, o TCDF também vai fazer a chamada inspeção visual para verificar possíveis defeitos nas pistas, como ondulações, desnivelamento e rachaduras.
As amostras retiradas em Águas Claras e em Taguatinga serão analisadas no Laboratório de Infraestrutura vinculado à Faculdade de Tecnologia da Universidade de Brasília (UnB). É no Infralab que também já estão sendo examinadas as mais de 300 amostras que foram colhidas no Plano Piloto, onde foi realizada a Etapa 1 do Programa Asfalto Novo. Os auditores do TCDF estão avaliando, por exemplo, os graus de compactação do asfalto. Os resultados também vão revelar a flexibilidade e resistência do concreto utilizado; a espessura e a densidade das camadas; o teor de ligante existente no pavimento, ou seja, a quantidade de Cimento Asfáltico de Petróleo (CAP) que confere a coesão entre os outros componentes da massa asfáltica.
Fonte: Assessoria de Comunicação TCDF

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.