Header Ads

DISTRITAIS ADIAM VOTAÇÃO DE PROJETOS QUE AUMENTAM ARRECADAÇÃO DO GOVERNO

Os deputados distritais não entraram em acordo para votar, nesta terça-feira (27), os projetos do Governo do DF que aumentam a arrecadação de verba. A previsão da oposição é que os projetos tramitem normalmente na CLDF (Câmara Legislativa do Distrito Federal), sem pressa.
São pelo menos sete projetos que precisam ser analisados para começar a valer. Entre eles, está os que pedem aumento de taxas, cobrança pelo uso de área pública e venda de imóveis. Segundo o governo, os projetos são necessários para garantir o reajuste dos servidores públicos do DF. Contudo, eles agora vão tramitar sem urgência e não se sabe quando serão analisados.
A Câmara deve discutir item por item de cada um dos projetos. Não vai ter um mutirão coletivo como ia acontecer, a gente deve discutir isso com calma e junto dos servidores públicos.
Os deputados prometeram votar os projetos caso os servidores em greve aceitassem o cronograma apresentado pelo GDF, mas isso não aconteceu. Como a paralisação continuou, a oposição decidiu obstruir a pauta de votações.
A proposta que o Governo fez foi para [pagar o aumento dos servidores públicos em] outubro de 2016. Portanto, nosso entendimento é que, se é para outubro de 2016, os projetos que ele encaminhou podem ser votados em agosto de 2016.
Sem acordo dos líderes, nenhuma proposta do executivo vai à votação no plenário. Segundo o líder do governo Julio Cesar, o atraso não na aprovação dos projetos não ocorrerá.

Eu acredito que, na semana que vem, já teremos sete projetos que possam entrar na pauta da próxima terça-feira.
Fonte: R7

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.