Header Ads

ROLLEMBERG DESAPROVA COMPORTAMENTO DE DEPUTADO DO PSB E JOE VALLE RETORNA A CLDF

      Pela Redação de Radar Condomínio.
O governador Rodrigo Rollemberg não aprovou o comportamento do único deputado do seu partido, o BSB, na Câmara Legislativa, por ter assinado na semana passada a proposta de alteração à Lei Orgânica do DF que dá direito a atual presidente da CLDF, Celina Leão (PDT), a se reeleger ao cargo. Por causa disso, ele mandou o deputado distrital Joe Valle (foto) de volta a Câmara para afastar o suplente Roosevelt e tentar virar o jogo. Definitivamente, Rollemberg não quer ver mais Celina Leão como presidente da CLDF até o fim do seu governo. Nos bastidores, os socialistas acusam a atual presidente de “traíra”.
Retorno urgente e inesperado do deputado Distrital Joe Valle (PDT) à Câmara Legislativa de onde havia se afastado para ocupar o cargo de supersecretario do Trabalho, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, foi à saída encontrada pelo governador Rodrigo Rollemberg para punir o deputado suplente Roosevelt Vilela (PSB), por ter traído a sua confiança ao assinar a proposta de reeleição que será apresentada para a apreciação do plenário da Câmara legislativa na última sessão do ano que ocorre nesta terça-feira (15).
Nem Rollemberg e nem a cúpula socialista deseja ver a deputada Celina Leão com o poder de mando e com a faca na garganta do Governo de Brasília além dos dois anos que ela tem direito como presidente da CLDF.
O mandato de Celina como presidente do legislativo local termina em 2016. Se for aprovada a proposta de alteração a Lei Orgânica do DF, a atual presidente terá direito de ir para a reeleição estendendo a sua permanecia no cargo por mais dois anos.
Para ser aprovada são necessários 16 votos. Por enquanto, Celina Leão já tem contabilizado sete votos a seu favor, um dos quais, o do deputado Roosevelt Vilela que teria contrariado a orientação do seu chefe Rodrigo Rollemberg. Com o retorno de Joe Valle, esse número encolhe para seis votos. Roosevelt sem o mandato de deputado não vai poder votar em Celina.
Apesar de ser do PDT, no entanto Joe Vale é o político que goza da mais estreita confiança do governador Rodrigo Rollemberg. Chegou a ser cogitado pelo governador para ser o presidente da Câmara Legislativa na eleição da mesa diretora que ocorreu no dia 1 de janeiro deste ano. No entanto, Celina Leão assumiu a dianteira após os pedidos feitos pelos senadores Antonio Reguffe e Cristóvão Buarque. O governador terminou adiando o projeto de Joe Vale para a presidência da CLDF como o próximo da vez. Celina Leão foi eleita para o cargo com o apoio do governador que operou para vetar a participação dos deputados do PT e PMDB na composição da Mesa.
Mas nestes 12 meses, como presidente do Poder Legislativo, na avaliação feita pelos socialistas é de que ela mais atrapalhou do que ajudou o Governo de Brasília na aprovação dos seus projetos. Nos bastidores chegam a acusar Celina Leão de “traição” ao dificultar o governo de acordo com os seus interesses. Os socialistas ainda guardam muita mágoa do anúncio de rompimento com o governo Rollemberg feito por ela em julho passado.
"Eu não quero continuar em um projeto no qual não acredito". Foi com essa frase que a presidente da Câmara Legislativa anunciava que não fazia mais parte da base do governador Rodrigo Rollemberg. “Foi um golpe contra a nossa gestão”, confessou ao Radar, na semana passada, um socialista do primeiro escalão.
O retorno de Joe Valle vai além do interesse dele em ver aprovados os projetos de lei de sua autoria na Casa ou de participar da aprovação da Lei Orçamentária Anual (LOA).O objetivo é o de inviabilizar o projeto de reeleição de Celina Leão.
Da Redação Radar Condominíos


Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.