Header Ads

SEMANA DE ACIDENTES GRAVES NO DF EVIDENCIA IRRESPONSABILIDADE DE MOTORISTAS

Álcool, desatenção e alta velocidade. Circunstâncias associadas à direção que são, quase sempre, fatais. Nos últimos seis dias, o Correio contabilizou pelo menos seis acidentes de trânsito com morte ou lesões severas. Entre quarta-feira e ontem, um idoso morreu atropelado na W3 Sul; e um motociclista está em estado grave depois de ser atingido por um Fiorino e cair de um viaduto na BR-040. No fim da tarde de quarta-feira, por volta das 16h30, outra morte, na DF-001. José Anderson da Silva, 34 anos, teve a moto atingida por um carro.

Até março, o Departamento de Trânsito (Detran) contabilizou 73 mortes em 66 acidentes fatais nas vias do DF. No caso de José Anderson, segundo informações da Polícia Militar, um veículo bateu de frente com a motocicleta dele. O acidente aconteceu na via que liga Santa Maria a São Sebastião, conhecida como Estrada da Marinha. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) chegou a prestar socorro, mas a vítima não resistiu. Em um vídeo feito por testemunhas e divulgado pela PM, um homem diz que uma mulher conduzia o carro e teria atingido a moto ao tentar desviar de um buraco. A motorista ainda não foi localizada.

Na W3 Sul, quem atropelou e matou Antônio Pedro Maia, 72, também não tinha sido encontrado até o fechamento desta edição. Nenhuma testemunha se apresentou à 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul), responsável pela investigação do atropelamento. O idoso morreu após ser atropelado na altura da 503 Sul, depois de sair de um supermercado. O Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel (Samu) atuaram no local, tentaram reverter o quadro de parada cardiorrespiratória, mas Antônio não resistiu.
Em outro acidente, o motorista também fugiu. A vítima, Nelito Pereira Duques, 57, está em estado grave no hospital. Teve traumatismo de tórax, hemorragia interna e parada cardiorrespiratória. Ele pilotava uma moto na BR -040, quando um Fiorino o atingiu, na altura do viaduto de acesso a Santa Maria. Nelito perdeu o controle da moto e caiu de uma altura de cerca de 7m. De acordo com a assessoria de Comunicação do Corpo de Bombeiros, os socorristas conseguiram estabilizá-lo, mas foi preciso levá-lo de helicóptero para a unidade de saúde mais próxima. Durante o resgate, as vias ficaram interditadas e congestionamento se formou entre Santa Maria e Plano Piloto.
Fonte: Correio Braziliense

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.