Header Ads

BOMBEIROS ECONOMIZARAM ATÉ R$ 200 MIL COM PRÁTICAS SUSTENTÁVEIS NOS QUARTÉIS

A realidade sustentável do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal é antiga, mas vem sendo incrementada desde 2015 com práticas que envolvem os 28 quartéis operacionais da corporação. Há 13 unidades construídas de acordo com princípios de preservação ambiental. Quatro delas foram inauguradas em 2015 — Brazlândia, Lago Norte, Paranoá e Taguatinga Sul. A próxima região a receber as instalações será Águas Claras, ainda neste ano.
46° Grupamento de Bombeiro Militar, em Taguatinga Sul, utiliza equipamento para filtrar a água das chuvas e usá-la nos vasos sanitários e para regar os jardins. A caixa d’água tem capacidade para 80 mil litros. Foto: Dênio Simões/Agência Brasília
Os quartéis têm construção de baixo impacto ambiental, com espaços para coleta seletiva, infraestrutura de aquecimento solar, além da possibilidade de utilizar iluminação e ventilação naturais e água da chuva nos vasos sanitários e nos jardins. Ainda não há comparação de quanto as novas estruturas são mais econômicas do que as outras, mas o fato é evidente, segundo o presidente da Comissão de Sustentabilidade Agenda Ambiental na Administração Pública do Corpo de Bombeiros, coronel Rogério de Assunção Cruvinel.
Um sistema para monitoramento dos gastos com energia e água, por exemplo, começou a ser instalado nos quartéis nesta segunda-feira (6) — todas as unidades serão contempladas. “Cada uma ficará responsável por preencher as informações de consumo diariamente.” A expectativa é que, com a inauguração de novos quartéis, outras práticas sejam implementadas. Em Águas Claras, por exemplo, estão sendo construídas superfícies na garagem para absorver o óleo que cair das viaturas. Ainda há reformas previstas para sete quartéis pioneiros, que preservarão apenas as fachadas.

Fonte: Agência Brasília

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.