Header Ads

CAUSA NÚMERO UM DE MORTE ENTRE BOMBEIROS E O CÂNCER

Em 2010, os pesquisadores do Instituto Nacional de Segurança e Saúde Ocupacinonal - NIOSH, com a assistência de financiamento da administração norte-americana de fogo lançou um estudo multi-ano para examinar se os bombeiros têm um maior risco de câncer e outras causas de morte devido a exposições de emprego. Apesar de estar usando o equipamento de proteção respiratória, grande parte dos agentes cancerígenos adentram o nosso corpo pela absorção da pele. A exposição aos agentes cancerígenos aumentou com a evolução dos materiais construtivos, a madeira, lã e algodão são substituídos cada vez mais por plásticos e sintéticos, feitos por derivados de petróleo.
O estudo foi projetado para lidar com limitações de investigação sobre o cancro bombeiro anterior.
A NIOSH fez um estudo com 30.000 bombeiros que serviram em Chicago, Filadélfia e São francisco, entre 1950 e 2010 , foi constatado que os bombeiros têm o dobro de risco de desenvolver mesotelioma, um tumor do tecido que reveste os pulmões, estômago, coração e outros órgãos.
No estudo foram procurados não só as mortes por câncer, mas também no diagnóstico de alguns tipos de cancro, como o cancro testicular e de próstata, que têm taxas de sobrevivência mais elevadas. Também examinamos outras causas de morte para entender melhor o risco de vários cancros e doenças entre os bombeiros em comparação com o público em geral.
Também examinaram as exposições de estudos anteriores. Observaram o número e o tipo de pistas de fogo feito (por exemplo, EMS e do veículo fogo) e o uso de equipamento de protecção pessoal e controles de escape diesel.
Assim pensamos será mesmo necessário que um militar que tem 30 anos de serviços prestados para a população,  será obrigado a viver mais tempo nesta situação de risco.

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.