TITULO

GDF ANUNCIA QUE NÃO TEM DINHEIRO PARA PAGAR SALÁRIOS EM NOVEMBRO

O chefe da Casa Civil do Distrito Federal, Sérgio Sampaio, convocou coletiva de imprensa na tarde desta quarta-feira (26/10) para anunciar que o GDF não tem dinheiro em caixa para pagar os salários deste mês. Segundo Sampaio, hoje faltam R$ 76 milhões para fechar a folha dos pagamentos que deveriam cair nas contas-correntes dos servidores no quinto dia útil de novembro.
“Estamos com dificuldades e não temos dinheiro para pagar o salário de novembro. Mesmo com todo o esforço que estamos fazendo, ainda precisamos de R$ 76 milhões para pagar os vencimentos de novembro”, disse Sampaio. Outro temor do governo, afirma, é em relação ao pagamento das férias coletivas de cerca de 40 mil servidores no fim do ano.
A esperança do secretário é que o GDF consiga recursos por meio do Refis — programa de refinanciamento de dívidas de pessoas físicas e jurídicas que têm débitos com o governo. Ao anunciar a medida, o secretário repetiu o mantra do Palácio do Buriti desde a confirmação do calote na última parcela do reajuste do funcionalismo: não há dinheiro em caixa.
A alegação de que os cofres públicos estão à míngua foi usado pelo titular da Casa Civil para pedir “sensibilidade” aos sindicatos. As entidades têm discutido com os respectivos filiados a possibilidade de uma greve geral. “Imagine se nós agregarmos R$ 1,5 bilhão (anuais) com os reajustes? Não é possível. Mas não queremos confronto ou guerra com os servidores públicos do DF.” Segundo Sampaio, a folha mensal atualmente gira em torno de R$ 1,6 bilhão por mês, incluindo os gastos com as forças de segurança.
Não tem dinheiro, mas a arrecadação só aumenta
Embora o Buriti insista na versão de que o Distrito Federal está falido, a arrecadação registra aumentos sucessivos mensalmente em comparação com os mesmos períodos de 2015, já descontada a inflação do período. Em setembro deste ano, por exemplo, a receita total de impostos da capital federal cresceu 13,71% em comparação ao mesmo mês de 2015. Enquanto no exercício passado os cofres públicos receberam R$ 993,1 milhões, em setembro de 2016, o valor foi de R$ 1,129 bilhão.
O aumento da arrecadação verificado em setembro repete a tendência dos últimos meses, nos quais o GDF registrou sucessivas altas nos números. Os dados, obtidos no Sistema Integrado de Gestão Governamental (Siggo) do GDF, têm sido divulgados pelo Metrópoles mensalmente.
Sérgio Sampaio, contudo, os números continuam desfavoráveis. “Conseguimos ampliar a arrecadação de R$ 13 bilhões para R$ 15 bilhões, mas perdemos, em repasses da União, pouco mais de R$ 1 bilhão. Agregamos ainda o crescimento vegetativo de R$ 600 milhões na folha de pessoal. Todo o nosso esforço foi consumido”, disse o secretário.

 Fonte: Metrôpoles

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.