TEMPORAL DERRUBA ACAMPAMENTO NA ESPLANDA E DEIXA SEIS FERIDOS

Os fortes ventos e as rajadas de chuva registradas na tarde desta quarta-feira (18/10) destruíram o acampamento da Frente Nacional de Luta (FNL), na Esplanada dos Ministérios. Ao todo, seis pessoas ficaram feridas. O caso mais sério é o de Lindalva Silva de Souza, de 41 anos, que foi atendida com trauma e corte na cabeça, de 40 anos, que sofreu traumatismo craniano.Todos envolvidos foram levados ao Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF). 
As vítimas, de acordo com informações do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, são: Maynaylla Lourrany Santana da Silva, de 41 anos, com um corte na testa; Sílvio Pereira de Farias, de 58 anos de idade, com um ferimento na testa, na boca e fratura no nariz; Wender Leguir Fernandes, de 22 anos, com dor lombar do lado direito, escoriações na perna esquerda e hipertensão; Lúcia Ortega, de 57 anos, com dores tóxicas e abdominais e edema do lado esquerdo na face e Dinair Amorim Nunes, de 32 anos, com suspeita de fratura no braço esquerdo e dores abdominais

Cerca de 2,2 mil pessoas acampam no local. A PMDF diz que o número é inferio, beira os 900 manifestantes. As barracas estão próximas ao Museu Nacional da República, desde o início da semana. O grupo protesta pela Reforma Agrária e moradia.
Cerca de 20 tendas grandes foram levadas pelo vento e várias barracas de campi derrubadas. Os ferros e a movimentação dos militares do Corpo de Bombeiros na região chamaram a atenção de curiosos que passavam pelo local.
Com destruição provocada pela chuva, manifestantes se alojaram dentro da Biblioteca Nacional, com a permissão dos vigilantes do local. Algumas pessoas estão debaixo da rampa do Museu Nacional.

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.