SEM CHUVA HÁ 66 DIAS, DF ENTRA EM ESTADO DE ATENÇÃO POR BAIXA UMIDADE

Por Letícia Carvalho
O Distrito Federal completou 66 dias consecutivos sem chuva nesta quarta-feira (26), segundo medição do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A meteorologista Maria das Dores de Azevedo afirma que a expectativa é de que esse período de escassez se prolongue até setembro.
“A climatologia da região central indica, através das médias, que as chuvas costumam aparecer na segunda quinzena de setembro.”
Por causa desse clima seco vivido pelos brasilienses, o Inmet emitiu um alerta na região do DF relacionado à baixa umidade. De acordo com Maria das Dores, nas horas mais quentes desta quarta a umidade pode chegar a mínimos de 25%. A temperatura mínima prevista é de 12,6ºC e a máxima, de 24ºC, de acordo com o instituto.
O aviso do Inmet serve para embasar decisões da Defesa Civil do DF, que é responsável por colocar a capital em estados de atenção, alerta ou calamidade. Na última terça (25), o órgão emitiu um comunicado, no site da instituição, declarando estado de atenção na capital.
Na página, a Defesa Civil apresentou orientações a população. Entre elas, estão as seguintes recomendações:
Evitar fazer exercícios físicos ao ar livre entre 10h e 17h, período em que a insolação e evaporação atingem seus índices máximos;
Fazer refeições leves, incluindo frutas e verduras sempre que possível;
Beber pelo menos seis copos d'água por dia;
Colocar toalhas molhadas e bacias com água nos quartos durante todo o dia. Isso ajuda a manter o ar ambiente mais úmido;
Evitar ligar aparelhos de ar-condicionado, que retiram ainda mais a umidade do ambiente.
Incêndios
Como o tempo seco facilita a propagação das chamas, vários focos de incêndios têm se alastrado pelo DF nos últimos dias. Nesta quarta, dois incêndios de grande proporção foram registrados em São Sebastião e no Gama. Até as 15h30, os bombeiros trabalhavam nos locais para controlar o fogo.
Na terça, uma área de 44.460 metros quadrados, próxima à Universidade de Brasília (UnB), foi consumida pelas chamas. Até a última segunda (24), o Corpo de Bombeiros contabilizava 1.058 ocorrências de incêndio em julho. O número já é superior ao total registrado em julho de 2015, quando houve 856 chamados. No ano passado, foram 1.672 acionamentos nesse período.
Fonte: G1

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.