PARCELAMENTO DE SALÁRIOS NÃO ATINGIRÁ SEGURANÇA PÚBLICA

Por Manoela Alcântara
O secretário-chefe da Casa Civil, Sérgio Sampaio, disse, na tarde desta terça-feira (15/8), que as forças policiais serão poupadas de um eventual fatiamento salarial. “Se houver parcelamento, só a segurança pública ficará de fora. Todas as outras categorias serão afetadas”, anunciou.
A declaração foi dada em entrevista no Palácio do Buriti, onde Sampaio revelou que o estrangulamento nas finanças não sufocará apenas os servidores. O governo já trabalha com a possibilidade de outras atividades pararem por falta de pagamento. Fornecedores de remédios para hospitais, vigilantes e prestadores de serviços, como alimentação para escolas, estão sem receber há meses.
A dívida, segundo revelou o secretário-chefe da Casa Civil, é de R$ 800 milhões. Desse valor, R$ 188 milhões são referentes a 2017. O restante vem de restos a pagar de exercícios anteriores.
A situação, na avaliação do Palácio do Buriti, é desastrosa, uma vez que a previsão de deficit no orçamento é de R$ 1,5 bilhão até dezembro.
Fonte: Metrópoles


Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.