TITULO

ROLLEMERG ANUNCIA PARCELAMENTO DE SALÁRIO DOS SERVIDORES

O governador Rodrigo Rollemberg (PSB) anunciou nesta terça-feira (22/8) que não tem dinheiro para pagar salários de servidores. Dessa forma, os vencimentos de agosto — que deveriam cair nas contas-correntes do funcionalismo até o quinto dia útil de setembro — serão parcelados.
Quem ganha até R$ 7,5 mil receberá o salário integral no quinto dia útil. Os que têm vencimentos acima deste valor — o equivalente a 45 mil servidores — terão os salários parcelados em duas vezes.
Conforme anunciado na semana passada, trabalhadores ligados à área de segurança pública — como bombeiros e as polícias Civil e Militar — escaparão do corte, pois têm os vencimentos pagos com recursos do Fundo Constitucional.
Aplicaremos o corte de renda. Os servidores que tiverem renda de até R$ 7,5 mil receberão o salário integral no quinto dia útil. Isso representa 78% dos servidores do DF. Quem ganha acima desse valor terá o restante no 15º dia do mês”, disse Rollemberg, em entrevista coletiva nesta terça (22/8).
A única possibilidade de evitar o fatiamento, segundo o governador, é se o governo federal repassar ao DF o que deve de compensação previdenciária (R$ 791 milhões) e se pagar a retenção da contribuição previdenciária dos servidores que recebem salário por meio de recursos do Fundo Constitucional (R$ 380 milhões). Outro fator fundamental, segundo o Buriti, é que a Câmara Legislativa aprove uma reforma da Previdência local.
Durante a coletiva de imprensa, Rollemberg estava acompanhado de integrantes do primeiro escalão, como o secretário de Fazenda, Wilson de Paula; o secretário-chefe da Casa Civil, Sérgio Sampaio; a secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão, Leany Lemos.

Fonte: MerópolesO governador Rodrigo Rollemberg (PSB) anunciou nesta terça-feira (22/8) que não tem dinheiro para pagar salários de servidores. Dessa forma, os vencimentos de agosto — que deveriam cair nas contas-correntes do funcionalismo até o quinto dia útil de setembro — serão parcelados.
Quem ganha até R$ 7,5 mil receberá o salário integral no quinto dia útil. Os que têm vencimentos acima deste valor — o equivalente a 45 mil servidores — terão os salários parcelados em duas vezes.
Conforme anunciado na semana passada, trabalhadores ligados à área de segurança pública — como bombeiros e as polícias Civil e Militar — escaparão do corte, pois têm os vencimentos pagos com recursos do Fundo Constitucional.
Aplicaremos o corte de renda. Os servidores que tiverem renda de até R$ 7,5 mil receberão o salário integral no quinto dia útil. Isso representa 78% dos servidores do DF. Quem ganha acima desse valor terá o restante no 15º dia do mês”, disse Rollemberg, em entrevista coletiva nesta terça (22/8).
A única possibilidade de evitar o fatiamento, segundo o governador, é se o governo federal repassar ao DF o que deve de compensação previdenciária (R$ 791 milhões) e se pagar a retenção da contribuição previdenciária dos servidores que recebem salário por meio de recursos do Fundo Constitucional (R$ 380 milhões). Outro fator fundamental, segundo o Buriti, é que a Câmara Legislativa aprove uma reforma da Previdência local.
Durante a coletiva de imprensa, Rollemberg estava acompanhado de integrantes do primeiro escalão, como o secretário de Fazenda, Wilson de Paula; o secretário-chefe da Casa Civil, Sérgio Sampaio; a secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão, Leany Lemos.
Fonte: Merópoles

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.