TITULO

CENTRO OLÍMPICO E PARALÍMPICO DE PLANALTINA É INAUGURADO

Por Samira Pádua
Antiga reivindicação de moradores e atletas da região, o Centro Olímpico e Paralímpico de Planaltina foi inaugurado neste domingo (17). O complexo tem 35,7 mil metros quadrados e fica no Setor Recreativo e Cultural Módulo Esportivo de Planaltina, ao lado do restaurante comunitário.
Entre os equipamentos estão quadras de tênis e poliesportiva, pista de atletismo, ginásio poliesportivo coberto, paredão de escalada, campo de grama sintética e piscinas semiolímpica e infantil.
Esse é o 12º centro olímpico e paralímpico do Distrito Federal.“Um equipamento público como este tem a capacidade de transformar a vida das pessoas através do esporte, além de ser um espaço de promoção da saúde por meio do entretenimento e do lazer”, disse o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, que participou da cerimônia de abertura acompanhado da esposa e colaboradora do governo, Márcia Rollemberg.

A construção, iniciada em 2009, estava parada desde 2012. A retomada da obra foi reivindicada pela população na Roda de Conversa com o governador, em agosto de 2016. As intervenções se iniciaram em setembro do ano passado.
Também foram plantadas árvores em todo o terreno e construída uma praça com pergolados no local. Lâmpadas queimadas e instalações elétricas alvo de vandalismo foram substituídas.
As obras foram orçadas em R$ 2.194.487,70, recurso oriundo de emendas parlamentares.
Inscrições para o Centro Olímpico e Paralímpico de Planaltina começam nesta terça (19)
De acordo com a Secretaria do Esporte, Turismo e Lazer, o centro deve atender 4 mil pessoas, sendo 2.375 somente com as aulas e os demais por meio de parcerias e atividades extras.
As inscrições para a população em 15 modalidades esportivas, além de vagas para pessoas com deficiência, começam nesta terça-feira (19) e seguem até sexta-feira (22).
Os interessados devem ir até a unidade esportiva, das 8 horas ao meio-dia e das 14 às 18 horas. Será preciso preencher a ficha de inscrição, e não é necessário apresentar documentos. 
Um equipamento público como este tem a capacidade de transformar a vida das pessoas através do esporte, além de ser um espaço de promoção da saúde por meio do entretenimento e do lazer Governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg
As vagas serão preenchidas por meio de sorteios, que ocorrerão em 27, 28 e 29 de setembro, e não por ordem de chegada. Cada pessoa poderá concorrer a uma atividade esportiva e, após ser contemplado, não poderá trocar a modalidade. A lista dos contemplados será divulgada na unidade, e o prazo para entrega dos documentos será de 3 a 20 de outubro.
O jogador de basquete em cadeira de rodas Wellington Máximo, de 19 anos, comemorou a abertura do espaço, e acredita que o desempenho no esporte vai melhorar. “Antes, treinávamos em um espaço precário, com piso ruim. Agora, vai melhorar muito para treinar e  para disputa de campeonatos”, afirmou o jovem, que acumula títulos nacionais e internacionais na modalidade.
O também atleta paralímpico Vicente de Jesus, corredor dos 100, 200 e 400 metros, entregou simbolicamente uma tocha olímpica ao governador no início do evento. Para ele, morador da cidade, a abertura do centro é um sonho realizado.
Sempre tive o sonho de praticar esporte na minha cidade, ter um local para treinar”, disse ele, detentor de seis medalhas douradas paralímpicas.
As atividades se dividem em coletivas e individuais, nas seguintes modalidades:
  • Hidroginástica
  • Natação
  • Ginástica localizada
  • Atividade física orientada
  • Futebol society
  • Basquete
  • Atletismo
  • Futsal
  • Tênis
  • Handebol
  • Desenvolvimento motor 1 e 2
  • Judô
  • Caratê
  • Vôlei
As pessoas com deficiência não precisam participar do sorteio, basta ir à Coordenação de Pessoas com Deficiência do centro, a partir de terça-feira para cadastro e orientações. As ofertas para esse público observam as necessidades de cada um. Há três opções bases:
  • Bocha
  • Natação
  • Atletismo
Segundo a secretaria, até o início das aulas, em data a ser divulgada, o espaço funcionará para práticas de esportes não orientados, de segunda a sexta-feira, das 8 horas ao meio-dia e das 14 às 18 horas. Aos fins de semana, o centro ficará aberto das 9 às 16 horas, como espaço de convivência.
Para a secretária do Esporte, Turismo e Lazer, Leila Barros, o impacto para a comunidade é imensurável. “Aqui nós vamos promover cidadania, com o envolvimento de pastas como a cultura, educação, para que os moradores de Planaltina se empoderem desse espaço”, disse.
A inauguração do espaço integra a política do projeto Criança Candanga, que também levou ao público infantil diversas atividades.
Fonte: Agência Brasília

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.