NOTA DA PMDF – SOBRE SUPOSTA JORNALISTA ESPANCADA

A Polícia Militar do Distrito Federal esclarece que até o momento não recebeu nenhuma comunicação formal por meio de sua Corregedoria para averiguar a história narrada pela jornalista Sheila Souza em seu perfil no facebook e amplamente divulgada nesta sexta-feira pelas mídias sociais, em que discorre sobre suposto excesso na abordagem policial em função da recusa de submeter-se ao teste de alcoolemia em blitz realizada pelo DETRAN, com apoio da PMDF.
Cabe ressaltar que, ao contrário do que foi relatado pela jornalista, seu exame de alcoolemia foi positivo para a ingestão de álcool.
Esclarecemos ainda que a condução à Delegacia se deu em função do cometimento do crime de desacato, precisto no art. 331 do Código Penal.
    A Polícia Militar do Distrito Federal é referência quanto aos procedimentos e técnicas de abordagem e em razão da completa falta de veracidade e de provas sobre o caso, repudiamos a postura da jornalista neste caso concreto, uma vez que não há qualquer prova que comprometa minimamente a atuação policial, além do relato pessoal, parcial, viciado e tendencioso por parte da envolvida.
   Ascom PMDF
   Foto do boletim de ocorrência.

Um comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.