TITULO

NÃO DISPUTARIA PRÉVIAS COM IZALCI, AFIRMA MARIA DE LOURDES ABADIA EM SABATINA DA ABBP

Por Poliglota
Com um discurso misto de conciliação e tristeza, a ex-governdora do Distrito Federal, Maria de Lourdes Abadia ontem (9) foi o centro da sequência de sabatinas a pré-candidatos a cargos eletivos do Distrito Federal protagonizado pela Associação de Blogueiros de Política do DF e Entorno – ABBP, na sede da ACDF.
Bastante descontraída, a tucana que retorna ao cenário político de Brasília com força total, afirmou que o seu desejo é fazer no PSDB uma construção proativa unindo o que de melhor ainda resta no partido. Reconhece que as dificuldades no próximo pleito eleitoral serão enormes, mas confia no grupo que apoiará que, nem sob chicote, quis mencionar.
Fugindo um pouco das últimas polêmicas envolvendo seu nome, o do presidente do partido no DF, o deputado federal Izalci Lucas e o que efetivamente fará de sua vida política, Abadia limitou-se a dizer que ainda é muito cedo para uma definição. Mas questionada se concorreria a uma disputa interna com Izalci na escolha do nome do candidato ao governo do DF, foi enfática em responder: “Não, não quero disputar!”
Em forma de desabafo, Abadia não se fez de rogada ao afirmar que está muito contrariada com a maneira como o atual presidente da legenda, Izalci Lucas, tem conduzido o processo de escolha dos presidentes das zonais em convenção interna. Segundo ela, o parlamentar “pretende tomar o partido para si ou para alguns seguidores do seu gabinete parlamentar, numa atitude antidemocrática. Em nenhum momento o tucanato de influência dentro do partido foram chamados para decidirem por um nome de consenso para, depois sim, buscarem os partidos aliados para a formação de um forte grupo com vistas à vitória em 2018”, afirmou.
A ex-governadora aproveitou para esclarecer que é completamente fantasiosa a afirmação de Izalci Lucas de que o grupo dela pretende vender a legenda em apoio a possível candidatura de Rodrigo Rollemberg à reeleição. “Isso só na cabeça dele e daqueles que o seguem. Foi ele quem pariu isso”, disparou.
Para finalizar, questionada sobre qual destino poderia tomar Izalci em relação a liminar concedida pelo TJDFT suspendo os efeitos das deliberações tomadas na Reunião Extraordinária do dia 26/09/2017 da Comissão Executiva Regional Provisória do PSDB-DF, inclusive para suspender a designação dos Diretórios Zonais Provisórios, a tucana afiou o bico:“A justiça é soberana. Não posso afirmar se o deputado chegará primeiro ao Palácio do Buriti ou ao presidido da Papuda”, e voltou ao seu habitual silêncio quando as questões eram polêmicas.
Fronte: MAIS DE 1000 APROVADOS NO CONCURSO DO CBMDF SE REÚNEM COM MARCOS DANTAS

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.