EX PM E AGORA BMDF PODE SER A RENOVAÇÃO POLÍTICA NA SEGURANÇA PÚBLICA DO DF

As eleições serão esse ano e todos estão procurando se organizar. De candidatos avulsos a grupos organizados, todos não querem perder tempo, principalmente diante de um cenário que promete muitas mudanças e renovações.
Pensando nisso, um segmento de bombeiros militares, oriundos do concurso de 2011, resolveu se unir para definir um nome que possa se encaixar não só nos projetos para as categorias militares, mas também voltado para os interesses da população do DF.
    A escolha passou por várias etapas, nas quais mais de 27 nomes  do concurso de 2011 foram colocados na mesa. A priori, o nome escolhido precisava ser um nome novo, que não tivesse nenhum vínculo com a prática da velha política, dos políticos de ofício, buscando assim a aguardada renovação política castrense.
Após três meses de intenso debate o nome de Wando Lobato foi o escolhido para representar as categorias. Com quase 17 anos de militarismo divididos entre exército, Polícia Militar de São Paulo e Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, o consenso ficara estabelecido.
Wando Lobato estreou na carreira militar servindo na Polícia do Exército em março de 2002; dentro do Exército ele teve uma grande ascensão chegando a graduação de sargento em 2 anos. Em 2005 realizou o concurso para a Polícia Militar de São Paulo e, de um total de 85 mil inscritos, ficou classificado entre os 300 primeiros, concluindo o curso de formação na 16ª colocação. Após o curso ele foi trabalhar no Capão Redondo/SP, um dos lugares mais perigosos para se morar, segundo a ONU.
No seu primeiro dia de serviço como PMSP, conseguiu pegar uma ocorrência que foi reconhecida como destaque do mês, proporcionando a medalha de quinto grau da PMSP.
Durante o tempo que ficou na Polícia Militar ele realizou o curso técnico em Segurança Pública e graduou em Administração, como também se especializou no Choque e curso de Moto Rocam de São Paulo.
   Em 2011 realizou o concurso para o Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, obtendo 296º lugar na classificação, o que lhe garantiu o direito de participar do Curso de Formação de Praças (CFP B de 2012). Desde então, tem se destacado nas funções nas quais é empregado. No CBMDF realizou cursos de APH e motociclista operacional (um curso operacional extremamente difícil de se concluir no CBMDF).
    A escolha de Wando pela comissão formada por militares do concurso de 2011 para pré-candidato, vem com o propósito de uma representação forte e organizada administrativa e politicamente, onde seja possível lutar por melhorias a todos os militares do DF, independente de postos ou graduações, com o lema de que “Juntos Somos Mais Fortes”.
Houveram muitas questões institucionais que Wando Lobato teve participação com apoio da comissão de 2011, como alterações em portarias e até mesmo no planejamento estratégico da corporação. E entre as conquistas que ele ajudou a conseguir, juntamente com a comissão de 2011 estão: A redução de interstícios (o que ajudou o CBMDF colocar uma praça com 5 anos na graduação de Sargento) e a elaboração do Decreto dos sub judices, o que possibilitou a inserção de mais de 500 militares do CBMDF e cerca de 700 na PMDF.
Com espírito agregador, Wando sempre esteve presente nos momentos importantes e decisivos para os integrantes da corporação, agindo sempre de maneira discreta e apoiado pela comissão de 2011, sem, no entanto, se desvencilhar de sua real capacidade de liderança e articulação. Por não carregar consigo o egocentrismo que muito presenciamos em pré-candidatos no atual cenário, ele chega para somar. Em suas palavras, Wando afirma que caso a maioria da tropa não opte por seu nome, não hesitará em abrir mão de sua candidatura em prol daquele que for o escolhido pelo Ideal Coletivo (Grupo Político existente dentro da corporação que definiu as últimas representações). “O importante é termos voz na Câmara Legislativa e não passarmos pelo fracasso que foram os últimos 4 anos”, afirmou Wando.
Leia também: BOMBEIROS LOCALIZAM CORPO DE HOMEM QUE HAVIA DESAPARECIDO NO CORUMBÁ IV

19 comentários:

  1. pode até ser uma sugestão, mas pouco conhecido na tropa.
    portanto não acho uma boa ideia.
    esse é ponto de vista, mas respeito os demais.

    ResponderExcluir
  2. Printei meu comentário , se não publicar espalho pra geral

    ResponderExcluir
  3. MAIS UM PARA DIVIDIR OS VOTOS

    ResponderExcluir
  4. Gostaria muito de ver isso se tronando realidade

    ResponderExcluir
  5. Conheço o Wando e confio que ele honrará o compromisso assumido publicamente de que caso na seja eleito o candidato do CBMDF, por meio do IDeal Coletivo, que abdicará desta candidatura.... Pelo menos teremos um termômetro de sua palavra, se poderemos confiar ou não, se ele representa a categoria ou não... Sabedoria Wando!!!!

    ResponderExcluir
  6. Gostei da mensagem que vem em negrito.

    Nós do cbmdf ainda não fechamos com nenhum candidato. Temos um compromisso com a nossa corporação, e só vamos declarar apoio aquele que obtiver melhor resultado nas pesquisas do IDEAL COLETIVO.
    Acredito que todos Unidos chegaremos a vitória. Ou seremos diversos grupos derrotados.

    Fato é, sem o apoio do IDEAL COLETIVO nem o Wando nem outros candidatos possuem chances reais de ganhar uma eleição...

    Sugiro que façam uma bela campanha e trabalhem na união da corporação. Pq todas as turmas são importantes para essa conquista, e não podemos menosprezar nenhuma delas.

    Não vamos destruir o que construímos a duras penas!

    ResponderExcluir
  7. Se for unanimidade dentro da corporação, mas não vi pesquisa de opinião sobre o mesmo. lml

    ResponderExcluir
  8. Melhor ler isso do que não saber ler, parabéns para a turma de soldado de 2011, vocês inventaram a roda. Que bom que vocês entraram na corporação. Já demonstram grande sabedoria, separando turmas de praças, parabéns mesmo, estou espantado com a organização que vocês possuem. Nem vou aprofundar no assunto, não é nem de longe o local para falar de política. Blog vendido, e continua com comentários parciais. Defendendo os prórpios interesses. Enfim, ainda bem que a turma de 2011 chegou para ajudar, a continuar a mesma coisa de sempre. Esse rapaz que você citou na matéria, não ganha nem para sindico. Tamo(JUNTOS)lascado. mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com esse pensamento aí com certeza, estamos lascados. Ninguém inventou roda nenhuma, só que entramos vimos uma tropa dividia, queremos mudar isso junto de todos e se quiser conversar sobre estou a disposição. Se trabalharmos por melhorias para os antigos, automaticamente estaremos trabalhando por melhorias pra nós (novinhos), ou seja, a ideia não é segregar e separar e sim unir, somos um “CORPO” mas ainda não conseguimos mostrar isso na prática. Esse tipo de comentário, só distância cada vez mais desse ideal.

      Excluir
    2. Com esse pensamento aí com certeza, estamos lascados. Ninguém inventou roda nenhuma, só que entramos vimos uma tropa dividia, queremos mudar isso junto de todos e se quiser conversar sobre estou a disposição. Se trabalharmos por melhorias para os antigos, automaticamente estaremos trabalhando por melhorias pra nós (novinhos), ou seja, a ideia não é segregar e separar e sim unir, somos um “CORPO” mas ainda não conseguimos mostrar isso na prática. Esse tipo de comentário, só distância cada vez mais desse ideal.

      Excluir
    3. Ele já é síndico antigo!!!

      Excluir
    4. Ele é síndico do prédio dele! (Só pra constar)

      Excluir
    5. Ele síndico do prédio dele! ( Só pra constar )

      Excluir
    6. Tropa dividida em que?

      Excluir
  9. Sou maranhense e conheço o Wando. Tive a honra em ladear com ele o curso de APH no CBMDF e acredito que ele fora uma excelwnte escolha.
    1° SGT BM SALVADOR - CBMMA.

    ResponderExcluir
  10. Pelo menos temos um nome, com ficha limpa e que agrega.

    ResponderExcluir

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.