CLDF PREVÊ DESPEJO DE DEPUTADO QUE NÃO SAIR ATÉ DIA 30 DE DEZEMBRO


Prazo para a entrega de salas de quem não se reelegeu é 30 de dezembro. Mulheres, idosos e deficientes terão prioridade na escolha.
Por Suzano Almeida
A Mesa Diretora da Câmara Legislativa (CLDF) publicou, nesta quarta-feira (28/11), ato regulamentando a distribuição dos gabinetes e vagas de estacionamento para os deputados distritais que assumirão o cargo a partir de 1º de janeiro de 2019. Quem não tiver sido reeleito e não desocupar os escritórios será despejado.
A cerimônia de sorteio das sala está prevista para 4 de dezembro e exclui parlamentares reeleitos para a próxima legislatura. Esses poderão permanecer em seus gabinetes. Entretanto, se quiserem mudar de sala, precisam entrar no sorteio.
Além dos reeleitos, terão prioridade na escolha: distritais que apresentarem necessidades especiais atestadas pelo Serviço de Saúde; maiores de 60 anos; e parlamentares do sexo feminino.
Para que os novos distritais possam assumir os gabinetes, os não reeleitos precisam deixar as salas até 30 de dezembro. Caso não o façam, a área administrativa da Casa procederá à retirada dos materiais desses deputados, deixando os itens disponíveis por 60 dias para o recolhimento. Não ocorrendo a remoção, serão tomadas as medidas legais cabíveis.
Vista
Todo o mobiliário dos gabinetes é cedido pela Câmara Legislativa, o que inclui cadeiras, mesas, impressoras e computadores, entre outros objetos. Os gabinetes ficam divididos em quatro andares, com seis salas parlamentares em cada um deles.
O tamanho deles é rigorosamente igual. A diferença está na vista dos gabinetes. De um lado, há os prédios e telhados do Setor de Indústrias Gráficas (SIG). Do outro, o Eixo Monumental, com o Palácio do Buriti, o Museu do Índio e o Memorial JK nas proximidades, além da Torre Digital, um pouco mais distante.
Fonte: Metrópoles

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.