STF DEVE CORTAR AUXÍLIO-MORADIA ASSIM QUE APROVADO AUMENTO DE SALÁRIO


Solução atende a pedido de Temer, que está resistente na aprovação do aumento sem que haja uma contrapartida imediata.
         Por Notícias ao Minuto
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux deve revogar as liminares que garantiam o pagamento do auxílio-moradia aos juízes federais, concedidas em 2014. Espera-se que a medida ocorra na mesma data em que o presidente Michel Temer (MDB) sancionar o aumento de 16,3% dos salários dos magistrados da Corte para 2019.
Segundo a jornalista Mônica Bergamo, da ‘Folha de S. Paulo’, a solução foi a mais rápida encontrada após discussão dentro do tribunal e também com o governo Temer, além de atender a um pedido do presidente, que está resistente na aprovação do aumento sem que haja uma contrapartida imediata.
O reajuste foi aprovado no Senado no dia 7 deste mês. Temer disse em conversas reservadas que irá sancionar o reajuste perto do fim do prazo constitucional de 15 dias úteis, ou seja, até 28 de novembro. Com informações Notícias ao Minuto


Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.