HOMEM TEM ATAQUE CARDÍACO DENTRO DA AGÊNCIA DO INSS


Por Victor Fuzeira
Um homem de 43 anos teve uma parada cardiorrespiratória dentro da agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) localizada na 502 Sul, na tarde desta quinta-feira (24/1). Segundo informações preliminares, Hermenegildo Santos Soares passou mal após saber que não teria direito à aposentadoria por invalidez.
Ele chegou a ser dado como morto pela corporação, mas os socorristas fizeram os procedimentos de massagem cardíaca e conseguiram reanimá-lo.
O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 14h50. Em nota, o INSS informou que Hermenegildo compareceu à agência, pois tinha perícia médica marcada, às 12h40. “Às 12h05, antes do horário de agendamento, portanto, deu entrada na sala de atendimento” e recebeu “indicação do perito médico para aposentadoria por invalidez”, explicou.
Ainda de acordo com o órgão, no registro do segurado no Cadastro Nacional de Informações Sociais (Cnis) foi constatado que Hermenegildo não tinha qualidade de segurado, ou seja, não contribuía para a Previdência.
Desta forma, foi solicitado pelo perito médico a reversão do requerimento de auxílio-doença para o Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica de Assistência Social (BPC/Loas), para pessoas de baixa renda. Neste intervalo, enquanto aguardava novo atendimento, antes das 14h, se sentiu mal”, informou o INSS.

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.