An-BLmwr-Imgur-1

EM 48 HORAS, 5 PESSOAS MORREM E 23 FICAM FERIDAS EM ACIDENTES DE TRÂNSITO


Duas das vítimas foram atropeladas, sendo que, em um dos casos, o motorista estava alcoolizado. Em uma batida entre dois caminhões, um dos condutores foi carbonizado. Ao todo, 23 pessoas ficaram feridas nesta sequência de acidentes
Por Alan Rios / Patricia Nadir
Ao menos cinco pessoas morreram e 23 ficaram feridas em acidentes de trânsito no Distrito Federal, em 48 horas. A média é inferior a uma morte por dia. No mais recente caso fatal, no começo da tarde de ontem, a vítima, Débora Rutkoski Cavalcante, 14 anos, estava em um carro que atropelou uma menina de 9 anos, na DF-015, no Paranoá. Após atingir a criança, o Ford KA bateu em uma árvore. A passageira adolescente sofreu uma parada cardiorrespiratória. Socorristas tentaram reanimá-la, sem sucesso. A criança atropelada teve corte na cabeça e algumas escoriações. O motorista sofreu uma fratura na perna esquerda. Os dois foram encaminhados ao Hospital Regional do Paranoá.
O dia começou com uma batida entre duas carretas, na BR-060, em Samambaia. Um dos veículos pegou fogo e o motorista morreu carbonizado. O outro não se feriu. Ele estava em um caminhão Volvo modelo FH440, carregado de areia e parado na pista da direita devido a problemas mecânicos, que foi atingido na traseira pela carreta VW 19300CTC, que levava mercadorias variadas e onde estava o motorista que ficou preso e não conseguiu escapar das chamas. O acidente aconteceu por volta das 2h. O trânsito foi totalmente fechado para o combate ao incêndio e parcialmente liberado às 6h30.
Ainda em Samambaia, um pedestre morreu atropelado por um ônibus da empresa Urbi, na noite de segunda-feira. O acidente ocorreu em frente a um supermercado.  Outro acidente com ônibus deixou um morto e 19 feridos, na tarde de domingo. O coletivo levava 22 garis de uma empresa prestadora de serviços do Serviço de Limpeza Urbana (SLU), quando tombou, na BR-020, em Planaltina. Passageira, Crisângela da Cruz Silva, 41 anos, morreu no local. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista tentou frear e, como a pista estava escorregadia devido à chuva, o veículo deslizou e caiu em um barranco. Um dos feridos, uma gari, estava em estado grave, até a noite de ontem.
Fonte: Correio Braziliense

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.