MP DE BOLSONARO RECEBE MAIS DE 500 EMENDAS E SERVIU COMO TERMÔMETRO


Considerada uma espécie de “termômetro” para a reforma da Previdência, a PEC 871, que trata de uma série de medidas antifraude no âmbito do INSS, teve 578 emendas protocoladas por deputados e senadores no Congresso.
A maioria veio do PT: 253. O problema para o governo é que partidos considerados “aliados” também pediram um número considerável de alterações. O DEM, por exemplo, protocolou oito. O PSDB teve 40 e o MDB 26. Até mesmo o PSL, partido do próprio presidente Jair Bolsonaro, contribuiu: foram três emendas, segundo o Broadcast Político.
Leia também: BOLSONARO PODERÁ TER ALTA NESTA QUARTA-FEIRA(13)

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.