.

JUSTIÇA INOCENTA BOMBEIRO MILITAR E DETERMINA DEVOLUÇÃO DE CNH


O Bombeiro Militar Noé foi um dos primeiros na cena do acidente a prestar socorro no dia do acidente.

A Justiça absolveu, nesta segunda-feira (11/3), “sumariamente”, o bombeiro militar Noé Albuquerque Oliveira, acusado de participar de um suposto racha na L4 Sul que resultou em duas mortes. Na mesma sentença, o magistrado remeteu o caso de Eraldo José Cavalcante Pereira, outro suspeito de participar do ocorrido, a uma Vara Criminal Comum – antes, ele seria julgado pelo Tribunal do Júri. Eraldo dirigia o carro que atingiu o veículo das vítimas.
A decisão é do juiz substituto Frederico Ernesto Cardoso Maciel, que ainda determinou a devolução da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de Noé.
O advogado de defesa de Noé e Eraldo, Alexandre Queiroz, disse que “reitera o respeito aos familiares das vítimas, porém, neste momento, não poderia deixar de externar sua satisfação na medida em que a Justiça acolheu a tese defensiva com base na prova produzida nos autos, notadamente a prova técnica [laudos periciais]”.
     Com informações do Metrópoles.

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.