MOURÃO ADMITE QUE RENUNCIA SE BOLSONARO PEDIR


Por República de Curitiba
Ao que parece, a suposta crise entre Bolsonaro e Mourão, implantada ou não, está se desfazendo.
Bolsonaro já afirmou que “Esse casamento é até 2022, no mínimo” e que “Continuamos dormindo na mesma cama. Só tem briga para saber quem vai arrumar a cozinha”.
Agora foi a vez de Mourão se pronunciar. O vice-presidente afirmou que caso a tensão continuar não descarta a ideia de renunciar ao cargo.
Se ele (Bolsonaro) não me quer, é só me dizer. Pego as coisas e vou embora”, disse Mourão, e continuou: “O presidente nunca me disse para parar, para não falar com essa ou aquela pessoa. Então, entendo que não estou fazendo nada de errado. Mas se ele quiser que eu pare…”
É preciso acompanhar os próximos passos da situação, para, só assim, entender o quão real e profundo é o acontecimento.

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.