STF PROÍBE VEICULAÇÃO DE MATÉRIA DA CRUSOÉ QUE LIGAVA TOFFOLI A CODINOME NA ODEBRECHT


A revista Crusoé foi alvo de tentativa de censura por parte do Supremo Tribunal Federal.
A medida ocorreu após a revista denunciar que Dias Toffoli, presidente da Corte, estava, supostamente, presente em planilhas da Odebrecht, sob o codinome de “Amigo do amigo de meu pai”. Para fins de curiosidade, o codinome de Lula era “Amigo de meu pai”.
Na manhã desta segunda-feira, um oficial de Justiça, a mando do ministro Alexandre de Moraes, chegou na redação da revista e entregou a determinação do ministro, para que a reportagem seja “imediatamente” retirada do ar.
Além disso, a Polícia Federal foi colocada no caso para que os responsáveis pela matéria “prestem depoimentos no prazo de 72 horas”.
Com informação do Antagonista.

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.