.

W3 SUL COMEÇA A TER CARA NOVA COM REVITALIZAÇÃO


Obras começaram pela Avenida W2. A previsão é que trabalhos, orçados em R$ 1,78 milhão, fiquem prontos no começo de julho.
O policial militar aposentado Davi Gomes Morais, 53 anos, faz um tratamento dentário no Centro Odontológico da Polícia Militar na 512 Sul e vai ao local a cada 20 dias. Nos fundos do consultório, ele observa as obras em andamento nos estacionamentos da Avenida W2 e não vê a hora dos reparos chegarem à calçada do outro lado da rua. “Essas calçadas estão horríveis, olha a quantidade de desnível. Uma senhora de idade, uma pessoa com problemas de visão ou mobilidade reduzida não passa aqui, corre o risco de tropeçar, cair, se machucar, sem falar nas cadeiras de roda”, diz.
As obras de revitalização das quadras 511/512 Sul, iniciadas em 10 de abril, um marco nos 100 dias de governo de Ibaneis Rocha, estão adiantadas. Dois dos sete trechos de estacionamento da Avenida W2 estão praticamente prontos e devem ser liberados para os carros nos próximos dias, depois que a sinalização horizontal (pinturas das faixas) estiver pronta.

A pavimentação asfáltica foi trocada por pisos intertravados, pavimentos pré-moldados de concreto também conhecidos por bloquetes. Os bloquetes apresentam características ecológicas importantes. São porosos e absorvem melhor a água, auxiliando no escoamento da água e na drenagem pluvial e evitando enchentes. O uso do pavimento também atende a lei distrital 3.835/2006 que determina que todos os estacionamentos públicos ou privados devem utilizar algum tipo de pavimentação permeável.
A W2 está mais adiantada, mas o trabalho também será feito na W3. Também vamos trocar os pisos das calçadas da frente e do fundo das lojas, fazer a acessibilidade, reorganizar os estacionamentos do canteiro central. A obra engloba ainda os becos entre os blocos e a iluminação da avenida W3, que será totalmente revitalizada”, explica o secretário de Obras, Izídio Santos.
A previsão é que a obra, orçada em R$ 1,78 milhão, fique pronta no começo de julho. “A gente teve uns dias de muita chuva, o que deu uma atrasada. Mas agora, durante o mês de maio, a empresa prometeu compensar os dias perdidos”, afirma Izídio. “Mas ainda trabalhamos com o período de 90 dias (contados de abril) para a obra estar totalmente pronta”, garante. As obras estão sendo feitas pela empresa Vital Engenharia, vencedora da licitação.
Revitalização
O Governo do Distrito Federal (GDF) vai arcar com a melhoria dos espaços públicos. Em contrapartida, os lojistas vão reformar as fachadas das lojas. O projeto de revitalização é uma parceria entre o Governo do Distrito Federal, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Distrito Federal (Fecomércio) e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).
O presidente da CDL, José Carlos Magalhães Pinto, explica que os comerciantes não acreditavam mais nas obras de revitalização da avenida comercial mais antiga de Brasília e, agora, acredita que as obras das fachadas comecem depois que a revitalização do espaço público estiver concluída. “É claro que o comerciante, vendo a quadra mais bonita, se sentirá motivado a mudar a sua fachada. Mas sem calçada, sem luz, sem segurança, ninguém iria investir nessas condições”, diz.
Segundo ele, cada comerciante vai reformar sua fachada. “Não há um projeto de padronização das fachadas, a proposta é apenas que sejam modernizadas, conservando sua identidade visual”, ressalta.
O GDF pretende replicar o projeto das quadras 511/512 Sul por toda a extensão da W3 Sul e, assim, retomar o comércio e o fluxo de pessoas naquela que já foi a avenida mais movimentada da capital. “O que a gente quer é que fique muito bom e o restante da W3 Sul siga o mesmo modelo. É o início da esperada revitalização. Com novos estacionamentos e novas calçadas virão novas lojas. Tudo isso acontece naturalmente”, afirma o secretário de Obras.

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.