IZALCI REÚNE BANCADA FEDERAL PARA TRATAR DE REAJUSTE DE PMs E BMs


Como coordenador e líder da Bancada Federal do DF, o senador Izalci Lucas (PSDB) resolveu convocar os colegas ontem (29) para tratar de um assunto urgente: Os reajustes das corporações militares do DF, PM e BM.
Do seu gabinete saiu a decisão de que na próxima quinta-feira (5) os integrantes da bancada estarão reunidos com o Secretário de Segurança Pública do DF, Anderson Torres, e os comandantes das duas corporações militares. Os convites já foram encaminhados e estará sendo aguardada a presença de todos. O evento deverá acontecer no Plenário 19 da Alexandre Costa às 10 horas da manhã.
Os inconstantes descontentamentos das corporações com o tratamento diferenciado dado aos integrantes militares tem preocupado os parlamentares. Ao encaminhar um pedido de reajuste somente para os policiais civis (37%) e deixado os militares de fora acendeu o pavio de um barril que poderá explodir caso o governo encaminhe a medida provisória que se encontra na Casa Civil da Presidência da República.
O governador Ibaneis Rocha entregou ao Palácio do Planalto o plano de equiparação da Polícia Civil com a Federal. Mas é importante avaliarmos as próximas movimentações para os PMs e Bombeiros. Não foi encaminhado nada até o presente momento e a não redução dos interstícios para as promoções passadas nas corporações só agravou a situação”, disse Izalci.
Segundo o senador Izalci, o orçamento já está pronto e após as votações das reformas da previdência a possibilidade do encaminhamento da medida provisória que trata do reajuste (equiparação) dos policiais civis é muito grande e os militares não podem ser prejudicados.
Participaram na reunião de ontem (29) os deputados federais Júlio César, Israel Batista e Paula Belmonte e os Senadores Izalci Lucas, Leila Barros e Reguffe. Os demais membros que não puderam participar mandaram seus representantes.
Da redação com informações ASCOM Izalci Lucas,


Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.