POR ONDE ELES PASSAM, DEIXAM RASTRO DE DESTRUIÇÃO, DE CONFUSÃO, DE MISÉRIA, AFIRMA GENERAL HELENO


Nesta terça-feira (27), o presidente Jair Bolsonaro se reuniu no Palácio do Planalto com governadores dos estados que compõem a Amazônia Legal para discutir o combate às queimadas na região.
Durante a fala do ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, o general fez declarações sobre os posicionamentos de Emmanuel Macron, presidente francês, sobre a Amazônia. Heleno lamentou a posição colonialista da França e que, segundo ele, 90% das colônias francesas vivem em situação lamentável, como o Haiti, onde, de junho de 2004 a setembro de 2005, foi o primeiro comandante militar da Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti
“Essa posição colonialista do Macron, além de ser lamentável, tem um passado triste. 90% das colônias francesas vivem em situação lamentável. A França não pode dar lição para ninguém nesse aspecto. Eu vivi o problema no Haiti. O Haiti é colônia francesa, uma delas. Onde eles passaram, deixaram rastro de destruição, de confusão, de miséria. Não podem dar esse tipo de conselho a ninguém. Isso é molecagem.” - criticou o general.

Leia também:GLOBO É ACUSADA DE APOIAR MACRON E INTERNET REAGE

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.