SINPRO -DF PROLIFERA CARTILHAS CRIMINALIZANDO A MILITARIZAÇÃO DAS ESCOLAS

Um torpedo lançado pelo Sindicato dos Professores do DF (SINPRO-DF), diretamente do Centro de Ensino nº 01 do Núcleo Bandeirante, caiu bem em cima da mesa do gabinete do governador do DF, Ibaneis Rocha (MDB)
Postado por Poliglota…
Tudo começou quando o Youtuber Fernando Souza, que protagoniza o programa digital Realidade do Povo, recebeu uma denúncia de que membros do Sindicato dos Professores do DF (SINPRO-DF), estavam distribuindo cartilhas em pleno horário de aula aos alunos do Centro de Ensino nº 01, no Núcleo Bandeirante, com conteúdo, a princípio, criminalizando a implantação das Escolas Compartilhadas no DF.
No vídeo que segue abaixo, Fernando Souza questiona o Diretor do Centro de Ensino, professor Ariovaldo, se ele autorizou essa ação do sindicato e se o material é pedagógico e se a Secretaria de Educação e o governador, que apoia abertamente o projeto das escolas compartilhadas tinham conhecimento. O mesmo, bastante nervoso, não consegue se explicar.

Como não havia o que esconder diante dos fatos, o diretor, então, acionou a Polícia Militar alegando que estava sendo desrespeitado durante o exercício de sua função como servidor público e exigindo a prisão em flagrante de Fernando Souza.
Na delegacia (21ª DP) todos foram ouvidos e depois liberados. A ocorrência ficou em apuração.
Resta saber, agora, qual será a posição do governador Ibaneis Rocha ao ver um diretor jogar por terra todo discurso dele de que o projeto tem o total apoio do governo. Inclusive, em junho passado, o governador anunciou o aumento de 6 para 10 escolas nesse modelo no DF.
Criamos essa metodologia matemática que resultou no Indicador de Vulnerabilidade Escolar [IVE]. A partir dessa realidade, vamos priorizar as comunidades com mais necessidade de atenção imediata. Queremos iniciar esse processo nos próximos dias para que, até o fim do mês, tenhamos um total de 10 escolas atendidas pelo novo modelo, que tem sido muito bem acolhido pela população beneficiada. Depois, vamos ampliar esse projeto para até 40 unidades”, disse Ibaneis.
O blog tentou contato com o telefone do Diretor do Centro de Ensino nº 01 e não obteve sucesso até a publicação essa matéria.
E agora diretor Ariovaldo???



Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.