GEORGE SOROS FINANCIA ESTUDOS DE JEAN WYLLYS SOBRE FAKE NEWS


Sou bolsista da Open Society Foundation, que financia os meus estudos sobre a articulação das fake news com discursos de ódio”, afirmou Wyllys.
Por Tarciso Morais
O ex-deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) voltou a ser assunto de destaque nas redes sociais do Brasil nesta terça-feira (10).
O ex-participante de reality show fará uma residência na renomada Universidade de Harvard, uma das mais importantes do mundo, localizada nos Estados Unidos.
De acordo com informações do jornal Extra, Wyllys irá aprofundar uma pesquisa já iniciada com a Open Society — fundação criada e administrada pelo bilionário globalista George Soros — sobre “fake news e discursos de ódio contra minorias sexuais e étnicas”.
A residência acontecerá no Instituto de Pesquisa Afro-Latino-Americanos. Durante este semestre, tempo que deve durar a residência, o ex-parlamentar dará algumas aulas relacionadas ao tema na instituição.
Em entrevista à revista GQ, no final do mês de agosto, Wyllys confirmou que está sendo financiado pela fundação de Soros:
Sou bolsista da Open Society Foundation, que financia os meus estudos sobre a articulação das fake news com discursos de ódio, e faço muitas conferências a convite deles.”
Durante o período eleitoral de 2018, uma das mídias brasileiras, que já receberam financiamento de Soros, impulsionou uma campanha contra o então candidato Jair Bolsonaro nas rede sociais, como noticiou a RENOVA.
Figura ainda pouco conhecida no país, Soros financia pesquisas, faz lobby por todo o globo através de organizações não-governamentais, fomenta revoltas políticas, impulsiona a agenda globalista, e consegue moldar a narrativa propagada pela maior parte da grande mídia. 
Fonte: Reno Mídia


Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.