RISCO PRA QUEM TE SALVA


Cabo Kézia combatendo o fogo nesta segunda-feira(16)
Por Ten. Coronel Braúlio Flores
Você faria isso de propósito?
Atear fogo à vegetação? NÃO!
E não é só pq é um CRIME, nem só pq DEGRADA o meio ambiente, nem só pq compromete as condições do AR QUE TODOS RESPIRAMOS.
É, também, pq pode MATAR BOMBEIROS!
Já nos machucamos há muito tempo! As operações são longas, fisicamente extenuantes, psicologicamente fustigantes e MUITO INSALUBRES.
Para proteger nossos pulmões, corpo e cabeça, carregamos mais de 20 kg em equipamentos de proteção. Mas, se pergunte aí: por quanto tempo?
Algumas horas e seus joelhos, coluna, quadris, ombros e cabeça não aguentam mais...
Sem proteção, a alta temperatura queima as sobrancelhas, os cílios, a pele... primeiro, segundo e terceiro graus. Fumaça e fuligem no nariz, tosse insistente, olhos ardendo e cabelo fedendo.
A falta de umidade que racha os lábios, quebra a pele e faz com que nossos minutos em casa, depois disso tudo, sejam de cuidados com queimaduras e assaduras.
Não é só um dia. Não é só em um lugar. Não é só em uma operação de proteção a uma área específica. É a vida toda! Direto! Entre outras atividades igualmente importantes.
NÓS JAMAIS NOS QUEIXAREMOS!
É pra isso que estamos aqui, mesmo pra defender pessoas de sua própria estupidez, se for o caso.
Nós compomos uma instituição perene, permanente e serena, criada por sua Majestade, o Imperador Dom Pedro II, para ser a primeira a chegar, a melhor a acolher e a última fronteira entre momentos difíceis e cenários cataclísmicos.
Nossas corporações se desdobram muito bem em treinamento e aparato, mas não estamos imunes a tudo.
Em um incêndio em vegetação, são animais correndo desesperados, buracos inesperados, escondidos sob fuligem... São árvores que caem e, para a tristeza de todos, caem também linhas de transmissão energizadas.
Um abafador para combate a incêndios florestais pesa 10kg e uma bomba costal, cheia de água, outros 20kg, carregada como mochila. Depois de 4 horas, parecem pesar toneladas...
Se caminhar alguns quilômetros, de tênis e sobre uma pista pavimentada, já é para poucos, experiente caminhar horas e quilômetros sobre terrenos irregulares, que ardem e cedem, sob sol escaldante e respirando fumaça.
Nos preparamos muito e muito pra isso... principalmente a nossa mente. Mas, neste domingo, 15 de setembro, morreu mais um de nós... A Sd Marizelli, de Brasília.
Nós sempre estaremos aqui. Mas, você que gosta de atear fogo a campos, lotes e coisas... você mesmo! Vc já pensou que pode ser que vc precise de nós para salvar a sua vida ou a vida de algum de seus familiares? Nós iremos com toda nossa força, nosso vigor e nossa técnica, com tudo aquilo que tivermos para oferecer... mas, leia bem: com o que TIVERMOS pra oferecer, até nossa vida, se preciso for e, por isso também, precisamos tê-la.
Por isso, pense bem quando for atear fogo ou concordar com alguém que vai. Nos ajude a preservar seu mundo, seu meio ambiente, sua cidade, e o SEU Corpo de Bombeiros Militar.

Em memória da Soldado Marizelli Armelinda Dias, do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal, e em respeito a todos seus familiares, colegas e amigos, por quem eu torço que consigam assimilar essa dor, e sobre quem eu rogo que recaíam as bênçãos que D’us há de reservar aqueles iluminados pela presença de um de seus anjos, que dedicou sua existência a salvaguardar a vida, o patrimônio e o meio ambiente.

Um comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.