AUGUSTO ARAS PROMETE DEFESA DA ‘CULTURA JUDAICA-CRISTÃ’


MP atuará de acordo com a cultura judaico-cristã, disse Aras em discurso de posse.
Por Tarcios Morais
O novo procurador-geral da República, Augusto Aras, destacou que “não há poder do Estado que esteja imune à ação ministerial”.
Em discurso nesta quarta-feira (2), na solenidade de posse na Procuradoria Geral da República (PGR), Aras disse que não conceberá um Ministério Público (MP) “contrário à nossa cultura judaico-cristã”.
O novo PGR também disse que os membros da força-tarefa Lava Jato serão lembrados pela coragem que desempenharam a missão:
O juiz Sergio Moro, outro magistrados do Rio de Janeiro e os procuradores sempre serão lembrados pela coragem que desempenharam suas missões.”
O presidente da República, Jair Bolsonaro, também falou na cerimônia e pediu para que o MP corrija possíveis atuações erradas do governo:
É um apelo que faço a todos do MP. É importante investigar, é importante fazer cumprir a lei, mas por muitas vezes, se nós estivermos em um caminho não muito certo, e muitas vezes estamos fazendo aquilo bem-intencionados, nos procurem para que possamos corrigir. Corrigindo é muito melhor do que uma possível sanção lá na frente.”
Fonte: Renova Mídia

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.