.

LAVA JATO EM AÇÃO: PF EFETUA CATORZE PRISÕES POR FRAUDES NA RECEITA FEDERAL


Por Angelica Ca e Paulo Eneas
Enquanto a grande imprensa e parte dos influenciadores de opinião na internet, incluindo muitos do campo da direita, prosseguem com a histeria falaciosa de que a Lava Jato “acabou”, no mundo real a operação prossegue com ações quase diárias, como tem sido a tônica no Governo Bolsonaro.
Na manhã de hoje (02/10) a Polícia Federal deflagrou a Operação Armadeira, cujo objetivo é o de desarticular organização criminosa formada por auditores e analistas que estariam atuando dentro da Receita Federal na prática de crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Foram cumpridos 39 mandados de busca e apreensão, 5 mandados de prisão temporária e 9 mandados de prisão preventiva.
As investigações tiveram início após a delação premiada do réu da Lava Jato Lelis Teixeira. Segundo sua delação, o auditor da Receita Federal, Marco Aurélio Canal, teria negociado o pagamento de propina no valor de R$ 4 milhões para evitar uma multa contra a Federação das Empresas de Transporte do Rio de Janeiro (Fetranspor), cujo processo corria na Receita Federal.
Marco Aurélio Canal é apontado como o chefe da quadrilha que atuava dentro da Receita Federal usando peças de inquérito e processos para forçar as vítimas a pagaram propinas em troca do cancelamento de multas milionárias decorrentes de sonegação fiscal.
O Ministério Público destacou que Marco Aurélio Canal tinha acesso a informações sensíveis e relevantes acerca das investigações da Operação Lava Jato, e detém conhecimento amplo de como funcionam os órgãos de controle do Estado, ocupando relevante papel no âmbito da Organização Criminosa.
Ainda segundo o Ministério Público, foi identificada uma extensa rede de lavagem de dinheiro. Entre os mandados de prisão estão pessoas acusados de ajudar a ocultar os valores. De acordo com a Polícia Federal, a investigação contou com auxílio da própria Receita Federal e do Ministério Público.
Fonte: Conexão Política

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.