IPHAN PREJUDICA BRASÍLIA PROIBINDO RESTAURAÇÃO DA PRAÇA DOS TRÊS PODERES


Imposição vai desde o piso imundo e pedras portuguesas soltas até a iluminação do espaço
O Instituto do Patrimônio Histórico (Iphan), hoje apenas uma agência de eventos (exposições, seminários etc), deixa claro o seu desapreço por Brasília ao impedir a recuperação da simbólica Praça dos Três Poderes, cujo piso imundo repugna os poucos turistas que ainda a frequentam, e as pedras portuguesas soltas estão prestes a serem transformadas em artefatos assassinos. À noite, a escuridão garante privacidade a drogados e a encontros com garotas de programa.
O Iphan quer manter a Praça dos Três Poderes como está, inclusive a escuridão, sob a alegação ignorante de “preservar” o projeto original.
No Iphan, eles ignoram que nos anos 1960/70 famílias lotavam a Praça dos Três Poderes nas iluminadas noites de Natal. Mas hoje é só breu.
O Iphan veda limpar e iluminar, mas permite grades de ferro instaladas na praça pelo governo Lula, fazendo lembrar campos de concentração.
Fonte: Diário Do Poder

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.