ÁUDIOS CONFIRMAM VERSÃO DA PM SOBRE BAILE FUNK EM PARAISÓPOLIES


Por Tarciso Morais
Áudios podem confirmar versão sobre o início da ação. Corregedoria apura localização exata dos policiais.
Áudios dos policiais envolvidos na operação em Paraisópolis, em São Paulo, no dia 1°de dezembro, confirmam a versão de perseguição a meliantes em um motocicleta.
A intervenção policial em um baile funk na comunidade acabou gerando um tumulto de grandes proporções, que terminou com a morte de 9 pessoas e deixou outras 12 feridas.
Os investigadores do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) afirmam que as trocas de mensagens confirmam a versão dos policiais, de que estavam perseguindo dois homens numa moto.
Obtidas com exclusividade pela TV Globo, as gravações mostram que o comando de operações da Polícia Militar, o Copom, recebeu o alerta de perseguição pelo rádio às 3h41 de domingo, 1º de dezembro.
Os agentes da polícia estavam perto de um cruzamento bem no meio de Paraisópolis. Naquela madrugada, mais de cinco mil pessoas se divertiam no baile da DZ7.
Após o chamado de perseguição, os policiais ficam mais de 20 minutos sem falar com o Copom. Pelo rádio, não é possível saber o que ocorreu durante tal período.
Compartilhe

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.