ESTADO DE ATENÇÃO: DF TEM CHUVA DE GRANIZO E VENTOS DE ATÉ 50 KM


Por Rebeca Oliveira
Na Asa Sul, queda de árvore interrompeu o trânsito. Inmet prevê que fortes trovoadas durem, pelo menos, até segunda-feira
O fim de semana continua chuvoso no Distrito Federal. Após as fortes trovoadas deste sábado (07/12/2019), que causaram transtornos até no Cemitério Campo da Esperança, o domingo (08/12/2019) prossegue com precipitações intensas. Em localidades como o Park Way, moradores registraram até chuva de granizo.
Na mesma tarde, o Corpo de Bombeiros atendeu uma ocorrência de queda de árvore entre as quadras 214 e 414 Sul, que acabou interrompendo o trânsito da região por alguns minutos.
Segundo a metereologista Naiane Araújo, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o clima deve continuar instável até esta segunda-feira (09/12/2019). “O restante de domingo será de chuva forte, trovoada e rajadas de vento de até 50km/h”, disse.
Além do DF, o Goiás também está em estado de atenção. É normal que, devido ao calor e à alta umidade (entre 70% a 90%), as nuvens fiquem mais carregadas, resultando em trovoadas e muitos alagamentos. Ao longo do dia, a temperatura ficará entre 19ºC e 26ºC.
Alagamentos e sepulturas danificadas
No sábado (07/12/2019), algumas regiões, como Sobradinho e Grande Colorado, registraram alagamentos. Uma falha gerou o desligamento de toda a Subestação de Ceilândia Norte. A unidade atende quase 77 mil unidades consumidoras da cidade.
A Companhia Energética de Brasília (CEB) informou que equipes de operação realizaram a transferência de cargas para restabelecer a energia para os clientes afetados. Os técnicos da companhia atuaram para recuperar os equipamentos danificados.
O Cemitério Campo da Esperança da Asa Sul também foi afetado pela tempestade na manhã de sábado. A chuva danificou três sepulturas. “A equipe da concessionária reparou todos os danos identificados”, disse, em nota, a empresa que cuida do local.
Fonte: Metrópoles
Leia também: SOTERRAMENTO DEIXA UMA VÍTIMA EM ÁGUAS CLARAS


Postar um comentário

0 Comentários