APOIADORES DO ALIANÇA PELO BRASIL, ESTÃO ENGANANDO OS ELEITORES DO PRESIDENTE BOLSONARO PARA LUCRAR

Por Bombeiros DF
Uma denúncia contra a campanha para a criação pelo Aliança Pelo Brasil está vindo a conhecimento da mídia.
Segundo alguns apoiadores para a criação do partido é fundamental autenticação em cartório de notas de todas as fichas para apoiar a criação do Aliança, o que não está previsto na Lei que dispõe sobre partidos políticos 9.096/15 alterado pela Lei 13.877 /19, onde fala em seu  art. 9, §1º que a autenticação será em cartório eleitoral atestado por Escrivão eleitoral, gratuitamente
Ocorre que alguns municípios as pessoas estão autenticando em cartório de notas e enviando para uma caixa postal do partido em São Paulo, de onde terão que voltar para o endereço de origem para conferência no cartório eleitoral da zona eleitoral, o que leva a crer que a burocracia elaborada foi justamente para atrasar ou até mesmo nem sair do papel o partido uma vez que as fichas de apoio não tem a indicação do estado ou munícipio do apoiador. As fichas deverão ser levadas aos cartórios municipais eleitorais por pessoas autorizadas pelo partido, de onde será emitido depois da conferência uma certidão e o partido após os acórdãos dos TREs remetará para o TSE.

A situação por trás disso tudo ainda é maior e não chega as vistas do governo Bolsonaro, o lucro milionário dos cartórios onde cada assinatura nos municípios variam de 5 a 17 reais, e levando em conta o número mínimo de apoiadores na casa dos 500 mil em nove estados, estamos falando da bagatela de mais 4 milhões de reais só em autenticações. Segundo uma representação feita ao CNJ para apurar a conduta dos tabeliães, que poderão perder o cargo e responder por improbidade administrativa. A lei vale para todos.
Algumas situações também não foram apresentados aos apoiadores da criação do partido de Bolsonaro, como ter votado nas últimas eleições de 2018, assinatura na ficha de apoio tem que ser idêntica da eleição de 2018 sem abreviatura e não pode ser filiado a partido político.
Já o estatuto é outra arma para atrasar a criação do partido, pois colocaram em seu art. 18, votação secreta nas convenções presenciais, uma vez que votação em deliberação devem ser públicas, que poderá ser contestada pelo TSE.
O partido para ser homologado tem que ser aprovado pelo TSE, como estamos em ano de eleição e ainda há outros partidos com fichas de apoio aguardando a conferência dos cartórios eleitorais para serem criados.
Temos que ressaltar que o Partido Corinthiano está pleiteando a sua criação no TSE, com apoio já certificado de mais de 440 mil assinaturas antes mesmo do Aliança. Em ano de eleição não é prioridade do cartório eleitoral conferir as fichas dos partidos. A propagada conferência via digital ainda precisa ser disciplinada pelo TSE sem previsão de data ainda. Foi uma propaganda enganosa.
O presidente nacional do PSL deputado Bivar está com a faca e o queijo na mão para atrapalhar ainda mais o presidente Bolsonaro, fazendo a fusão ou incorporação do PSL ensejando a justa causa aos parlamentares do PSL se desfiliarem e migrarem para outro partido sem perder o mandato e esvaziando o Aliança Pelo Brasil.
Porém o presidente do PSL ri da atrapalhada jurídica e aciona os suplentes do PSL nos estados para processarem os deputados infiéis que estão indo para frente dos cartórios e com as movimentações das assinaturas o que poderá ensejar em processos movidos por infidelidade partidária. O mais incrível são os vereadores em exercício de mandato e pré-candidatos estão se desfiliando dos seus atuais partidos na esperança de serem candidatos pelo Aliança, porém não sendo homologado eles terão dificuldades de filiarem a outra legenda.
Já nesta quarta-feira(15) ao sair do Palácio do Alvorada, Bolsonaro declarou que se o seu partido não participará das eleições em 2020, não apoiará ninguém. “Não discuto política. Se o meu partido não tiver candidatos nas eleições municipais de 2020, não vou apoiar ninguém.”
Compartilhe

8 comentários:

  1. 🤔Gostaria de saber como foram criados os outros partidos e a população brasileira nunca precisou aprovar ou teve conhecimento. Esse cambalacho é só com o aliança pelo Brasil.
    Nesse caso deveriam cancelar todos os partidos e exigir o mesmo procedimento, para que sejam considerados legítimos. Pois estão todos irregulares e fora da lei.
    É preciso acabar com a farra dessa maldita facção criminosa, que quer impedir a qualquer preço que o Brasil dê certo e prospere. 👿👹💩🤮

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No site do Alianca para o Brasil diz que e necessário a autenticação em cartório...e o envio ..logo isso não procede...temos que fazer isso com urgência te o dia 11 de fevereiro

      Excluir
  2. É FAKE essa desinformação. O reconhecimento de firma em cartório tem fé pública. Os apoiadores seguem orientação direta do site verdadeiro.

    ResponderExcluir
  3. Engraçado que isso só acontece pq eh partido de direita alias o único pq eh do Bolsobaro, se fosse de esquerda com ctza todos estavam fazendo vistas grossas!

    ResponderExcluir

Obrigado pela sugestão.

disqus'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.