REUTERS: POPULARIDADE DE BOLSONARO SALTA COM ECONOMIA EM ALTA E CRIMINALIDADE EM BAIXA


Por Guilherme L. Campos
A agência de notícias britânica Reuters reconheceu o aumento da popularidade pessoal de Jair Bolsonaro e de seu governo devido aos resultados positivos obtidos na área econômica e na segurança pública.
Em depoimento dado à agência, Lucas Aragão, sócio da ARKO Advice, confirma que economia e segurança pública são as prioridades do povo brasileiro e prevê popularidade ainda maior se os resultados continuarem positivos e se nenhum escândalo de corrupção o atingir.
“Os brasileiros estão muito mais preocupados com segurança pública, emprego, inflação e economia real do que com questões como o nazismo”, afirmou Aragão. “Se a economia continuar se expandindo e Bolsonaro se afastar dos escândalos de corrupção, sua popularidade aumentará ainda mais”, completou.
A matéria citou a última pesquisa CNT/MDA publicada recentemente registrando o aumento na popularidade do presidente Jair Bolsonaro.
“o número de brasileiros que viram seu governo como ótimo ou bom subiu de 29,4% em agosto para 34,5%, enquanto 31% agora classificam o governo como ruim ou péssimo, contra 39,5% anteriormente.”
“O índice de aprovação pessoal de Bolsonaro saltou para 47,8%, de 41% em agosto, enquanto aqueles que desaprovam a forma como ele está governando o Brasil caíram para 47%, contra 53,7% em agosto.”
A matéria segue exaltando o resultado da pesquisa e a expectativa positiva para a economia do país em 2020.
“Essa pesquisa é muito boa para Bolsonaro”, disse Lucas de Aragão, sócio da consultoria ARKO Advice, de Brasília.
“O crescimento econômico deve mais do que dobrar seu ritmo para 2,3% este ano, há um declínio constante no desemprego e uma queda significativa na maior taxa de homicídios do mundo, disse ele.” disse Aragão à Reuters.
Fonte: Conexão Politica

Postar um comentário

1 Comentários

Obrigado pela sugestão.