TEMOS QUE FREAR O LOBBY DA MACONHA, ENFATIZA OSMAR TERRA


Por Tarciso Morais
A maconha é composta de 480 substâncias que causam um dano letal à saúde”, disse Terra.
O ministro da Cidadania, Osmar Terra, voltou a criticar a canção “Verdinha”, da cantora Ludmilla, que se apresentou recentemente no programa da apresentadora Fátima Bernardes, na Rede Globo
Em um vídeo publicado no Twitter, nesta segunda-feira (6), Terra afirmou estar “indignado” e disse que cantar esta música em rede nacional era um “lobby descarado” para a legalização da maconha.
O ministro declarou:
A cantora Ludmilla apresentou um vídeo incentivando o uso da maconha. Ela fuma o tempo todo, chama de apelidos, e fala que é uma coisa boa. Isso é uma afronta à sociedade.”
Osmar Terra ressaltou ainda que a maconha é uma droga ilegal, proibida por lei, e, caso a Globo incentive o consumo, também estará cometendo um crime.
Isso exposto em um programa às 11h, é outro crime. O cigarro, que é uma droga legal, não tem mais propaganda na televisão. O álcool só depois das 21h. Não acreditem nesta história de maconha medicinal, a maconha é composta de 480 substâncias que causam um dano letal à saúde.”
Fonte: Renova Mídia

Postar um comentário

0 Comentários