BRITÂNICOS COMEMORAM A RECUPERAÇÃO DA SOBERANIA. " ESTE É O COMEÇO DE UMA NOVA ERA", DIZ BORIS JOHNSON


Por Thaís Gracia
O povo britânico foi às ruas comemorar a recuperação da sua soberania, com a saída do Reino Unido da União Europeia. O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, prometeu a seus compatriotas uma “nova era de cooperação amigável” com a UE. Ele chama o Brexit de “não um fim, mas o começo” de um novo capítulo na história britânica.
Uma hora antes do Brexit, o governo britânico publicou um videoclipe mostrando o discurso de Johnson. Ele afirmou que muitas pessoas “pensavam que esse momento nunca chegaria” e que “temia que o cabo de guerra político nunca terminasse”.
Soberania recuperada
Johnson disse que quer unir o país e liderar o futuro. Ele quer usar a soberania recuperada de seu país para que o país tome novas decisões de acordo com as mudanças pelas quais o povo britânico anseia. Ele citou como exemplos, entre outras coisas, controlar a imigração e concluir acordos comerciais.
O primeiro-ministro britânico afirmou que a União Europeia se desenvolveu nos últimos tempos de uma maneira que não se encaixa mais no seu país.
E você, o povo, julgou isso na cabine de votação. Não uma, mas duas vezes”, disse Boris Johnson ao povo, durante seu discurso em comemoração ao Brexit.
Festa
Os britânicos puderam ir às ruas para a celebração da democracia. Fora do parlamento de Londres, milhares de britânicos comemoraram a saída de seu país da UE. Pessoas vestidas de forma festiva agitavam bandeiras britânicas na Praça do Parlamento e cantavam o hino nacional.
Um relógio digital foi projetado na residência do primeiro-ministro em Downing Street, que fazia a contagem regressiva até o Brexit.
Este é um dia fantástico. Somos livres. Conseguimos!”, aplaudiu um londrino de 53 anos que estava em frente ao relógio.
Farage
Um dos maiores defensores do Brexit, o visionário e político Nigel Farage, respondeu com entusiasmo.
Não podemos voltar às 23:00 (horário local). Estamos nos tornando um país independente e eu não poderia estar mais feliz “, exaltou Farage.
É a primeira vez na história que um Estado-membro sai da UE.
Com a saída dos britânicos, a União perde 66 milhões de habitantes e mais de 5% de sua massa total de terra.
Apesar da saída da União Europeia, o Reino Unido permanecerá vinculado à legislação da UE até o final deste ano. Neste período de transição, o futuro relacionamento estará sendo negociado.
Fonte: Conexão Política

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

disqus'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.