INTERROGATÓRIO DE ALLAN ESTÁ MARCADA PARA ESTÁ QUARTA; JORNALISTA AVISA QUE NÃO VAI


Por Bruna de Pieri
Foi remarcado para esta quarta-feira, 5 de fevereiro, o interrogatório do jornalista Allan dos Santos, do Terça Livre, no Supremo Tribunal Federal (STF).
O documento trata do Inquérito 4.781, instaurado de ofício pelo presidente do STF, o ministro Dias Tofolli, e é assinado pelo desembargador Cesar Mecchi Morales, magistrado instrutor do gabinete do Ministro Alexandre de Moraes e tem “Autor” e “Advogados”, com a informação sigilosa.
Allan continua sem saber se está arrolado como investigado ou testemunha do fato investigado. Seus advogados tiveram acesso negado aos autos do inquérito.
O jornalista deveria ter comparecido no STF na última terça-feira (28), mas se recusou pelo mesmo motivo citado acima.
Muitas autoridades, como deputados, além de personalidades da internet saíram em defesa de Allan na semana passada, devido ao episódio.
O jornalista Augusto Nunes também defendeu Allan sobre o caso. Nunes classificou o inquérito como “maluco, ilegal, imoral” e afirmou que não existe objeto de investigação definido. “[O STF] Começa a convocar pessoas, como foi o caso do jornalista Allan dos Santos, sem dizer por que foi convocado”, frisou.
Augusto Nunes também ressaltou que Allan fez bem em não comparecer ao STF sem saber do que é acusado.

Fonte: Terça-Livre


Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.