BOLSONARO RESPONDE CRÍTICAS APÓS SAIR ÀS RUAS EM BRASÍLIA:“NÃO FUI PASSEAR, FUI VER O POVO”

Por Bruna de Pieri
“Não fui passear, fui ver o povo”, afirmou o presidente Jair Bolsonaro nesta segunda-feira (30) após ser criticado pela imprensa por sair às ruas neste fim de semana em Brasília e defender a abertura do comércio.
Na manhã deste domingo (29), o presidente saiu ruas de cidades satélites de Brasília e passou por locais como posto de gasolina, padaria, além de gravar vídeo com feirantes nas cidades de Taguatinga e Ceilândia.
No Twitter, Bolsonaro publicou dois vídeos em que aparece conversando com os trabalhadores informais, posteriormente apagados por supostamente “descumprir” diretrizes da rede social.
No lugar das publicações, aparece a mensagem: “Este tweet não está mais disponível porque violou as regras do Twitter”.
Em nota, o Twitter disse que anunciou recentemente em todo o mundo a expansão de suas regras para abranger conteúdos que forem eventualmente “contra informações de saúde pública orientadas por fontes oficiais e possam colocar as pessoas em maior risco de transmitir COVID-19”.
“Folha de S. Paulo, não fui passear não. Uma imprensa que não tem caráter, podia agir de outra maneira. Fui ver o povo, vocês estão todos amontoados também”, declarou Bolsonaro.
“Parece que o problema é o presidente. É que o presidente tem responsabilidade e tem que decidir. Não é apenas a questão de vida. É a economia também, do emprego. Se o emprego continuar sendo destruído da forma que está sendo, mortes virão por outros motivos. Depressão, suicídio, questões psiquiátricas”, acrescentou.
Fonte: Terça Livre

Nenhum comentário:

Obrigado pela sugestão.

BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.