CARROS DOADOS POR MORO SÃO ABANDONADOS POR RENAN FILHO

     Por Marcelo Amorim
   Governador prefere gastar recursos públicos na locação de veículos, enquanto frota doada a AL está parada num galpão.O governo Renan Filho (MDB) tem anunciado ao longo de sua gestão investimentos na área da segurança pública, mas, quando se trata do uso de viaturas pelas forças policiais, a opção tem sido a utilização de recursos públicos para alugar veículos de empresas privadas, em detrimento de automóveis para compor a frota própria do Estado. Desde dezembro do ano passado que sete carros de luxo, modelo Citroën C4 Lounge, doados pelo governo federal à Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-AL) e que deveriam ser utilizados no combate ao crime, permanecem parados em galpão do órgão. 
   Os automóveis foram entregues ao Estado por meio do “Projeto de Modernização das Delegacias de Homicídio e de Combate ao Crime Organizado”, numa iniciativa da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJ-SP). O extrato do Termo de Doação dos veículos foi publicado na edição do dia 23 de dezembro no Diário Oficial da União e, no mesmo dia, encaminhado à Comissão de Recebimento em Alagoas, segundo confirmou a assessoria de comunicação do ministério. Diante da permanência dos veículos parados e sem uso em galpão da SSP-AL, a pasta comunicou que, a princípio, aguardava a regularização da documentação para poder circular. Ao ser contestado sobre este fato, a secretaria do Ministério da Justiça esclareceu que “não houve demora por parte da SENASP/MJSP na remessa de documentos”. Posteriormente, a assessoria de comunicação da secretaria alagoana informou que a regularização das viaturas se encontrava no Detran Alagoas, que aguardava transferência da documentação por parte do departamento de trânsito do Distrito Federal. Apesar dos veículos - ao custo de aproximadamente R$ 90 mil cada um - terem chegado ao Estado há mais de dois meses e, antes mesmo disso, ser proveniente de projeto que o governo Renan Filho aderiu, a SSP-AL ainda não definiu o uso das viaturas, que deve ser feito pela Delegacia Geral de Polícia, já que os carros devem ser destinados ao combate ao crime organizado e a homicídios.
   Desde que assumiu a gestão, Renan Filho tem priorizado o aluguel de veículos para a administração estadual. Apenas em 2019, conforme já revelado pela Gazeta, o total anual gasto com locação foi de R$ 49.066.456,92, segundo dados do próprio Portal da Transparência de Alagoas. Enquanto os servidores públicos sofrem com perdas salariais e ficarão este ano sem nem receber a reposição da inflação, o governador, por meio da Agência de Modernização da Gestão de Processos (AMGESP), concedeu reajuste ao contrato com as locadoras superior a 3,3%. Só com os órgãos da governadoria, que incluem o Gabinete Civil, gabinete do vice-governador Luciano Barbosa (MDB) e a própria AMGESP, desde 2015, já foram gastos R$ 5.877.180,48 com aluguel de carros.
    Desse total, a maior parte, ou seja, mais de R$ 3 milhões, foram gastos com locação de veículos utilizados pelo governador e assessores do Palácio República dos Palmares. Esses gastos cresceram em 2017 e, principalmente, 2018, anos pré-eleitoral e eleitoral, respectivamente. Em 2015, por exemplo, os custos com locação para uso do governador foram de R$ 343.192,63. Em 2018, em plena campanha à reeleição, este valor saltou para R$ 911.485,06.
    Fonte: Gazeta de Alagoas

Um comentário:

Obrigado pela sugestão.

disqus'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
BOMBEIROS DF. Tecnologia do Blogger.