CEASA ESTIMULA VENDA POR “DELIVERY” DE PEQUENOS PRODUTORES

As Centrais de Abastecimento do Distrito Federal (Ceasa-DF) lançaram uma campanha em suas redes sociais para promover e divulgar a entrega produtos de hortifrúti em domicílio. Com a suspensão temporária das feiras livres como medida preventiva à proliferação do coronavírus, produtores rurais, principalmente os da agricultura familiar, sentiram o impacto nas vendas e no escoamento dos seus produtos, readaptando a prática de atendimento presencial nas barracas pelo “delivery”.
A mudança na última semana causou um impacto tanto na comercialização como no modo de atendimento, o que exigiu dos agricultores a reinvenção na operacionalização das vendas.
Foi então que a direção da Ceasa, aberta aos produtores, mas fechada ao consumidor do varejo (pequenas quantidades) desde 19 de março, decidiu lançar uma campanha e divulgar em suas plataformas digitais (Instagram e Facebook). 
Vale lembrar que somente a comercialização a varejo está suspensa. As vendas no atacado, em caixas e sacos fechados, em grande quantidade, estão funcionando normalmente – tanto no Mercado Livre do Produtor, que são as bancas expostas no galpão da Ceasa, às segundas e quintas-feiras, das 4h às 12h, quanto nos boxes, de segunda a sábado.

Postar um comentário

0 Comentários